Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos de fosforilação e mecanismos moleculares envolvidos com hDAT e o transporte de dopamina (absorção e efluxo) e as interações com CaMKII

Resumo

A melhor compreensão dos mecanismos moleculares envolvidos em várias doenças neurodegenerativas (como a doença de Alzheimer e Parkinson, esclerose amiotrófica lateral e assim por diante) pode auxiliar no desenvolvimento de novos medicamentos e tratamentos. Uma das principais características patológicas presentes em todos os distúrbios citados anteriormente é a presença de agregados de proteínas insolúveis. Por exemplo: corpos de Lewy associados à demência de Parkinson. Esses agregados são formados principalmente pela proteína ±-sinucleína que apresenta uma variedade de conformações: monomérica e não estruturada em solução fisiológica, multimérica (geralmente tetramérica helicoidal) e arquitetura de agregados rica em folha-ß cruzada. O mecanismo molecular e as interações entre o transportador de dopamina (DAT), ±-sinucleína e CamKII desempenham um papel importante no metabolismo da dopamina nos terminais nervosos. Este projeto visa compreender os mecanismos moleculares envolvidos no transporte do metabolismo da dopamina por meio várias técnicas de simulação com métodos híbridos MDeNM que integrados que combinam NMA (usando ENMs ou modelos atômicos completos), dinâmica molecular e dados experimentais de técnicas biofísicas (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)