Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização molecular, bioquímica e imunológica de inibidores de proteases salivares de Amblyomma sculptum: do desenvolvimento de imunobiológicos a estratégias anti-carrapato

Processo: 22/02742-3
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2022 - 30 de setembro de 2024
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Entomologia e Malacologia de Parasitos e Vetores
Pesquisador responsável:Anderson de Sá Nunes
Beneficiário:Anderson de Sá Nunes
Instituição Sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesquisadores associados:Andréa Cristina Fogaça ; Eliane Virginia da Silva Esteves ; Lucas Tirloni ; Michail Kotsyfakis
Assunto(s):Entomologia médica  Doenças transmitidas por carrapatos  Carrapatos  Amblyomma sculptum  Interações hospedeiro-parasita  Saliva  Imunomodulação  Inibidores de proteases  Vacinas 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Amblyomma sculptum | Imunomodulação | inibidores de proteases | interações carrapato-hospedeiro vertebrado | saliva | Vacina anti-carrapato | Entomologia Médica

Resumo

Dentre as espécies de carrapatos encontradas no Brasil, aquelas do gênero Amblyomma apresentam maior abundância e distribuição no país. Amblyomma sculptum é uma espécie endêmica da região Sudeste e tem como hospedeiros capivaras, antas e cavalos, além do potencial para parasitar seres humanos. Esta espécie é responsável pela transmissão da bactéria Rickettsia rickettsii, causadora da febre maculosa brasileira, a riquetsiose mais severa conhecida. Tanto o sucesso hematofágico quanto a transmissão de patógenos pelos carrapatos são fortemente dependentes das moléculas bioativas presentes na sua saliva. Entretanto, apesar da relevância do Amblyomma sculptum na saúde pública humana e veterinária, os trabalhos avaliando os efeitos de sua saliva e componentes salivares na fisiologia do hospedeiro vertebrado são escassos. Experiências prévias bem sucedidas do nosso grupo na elucidação das atividades da saliva e de moléculas salivares de outras espécies de carrapatos nos levaram a investigar o papel da saliva de Amblyomma sculptum nas interações com o hospedeiro vertebrado. O presente projeto representa um aprofundamento desses estudos, onde pretendemos determinar os alvos estruturais e bioquímicos de dois inibidores de proteases pertencentes às famílias mais abundantes encontradas na saliva de carrapatos (um inibidor do tipo Kunitz e uma cistatina) selecionados a partir do sialotranscriptoma de Amblyomma sculptum. Também dissecaremos seus mecanismos de ação nas respostas hemostática e imunológica de camundongos, testaremos a utilidade dessas moléculas como imunobiológicos em modelos experimentais de doenças inflamatórias/autoimunes e como vacinas na proteção contra a exposição por carrapatos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)