Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigando sistemas de elétrons fortemente correlacionados em grandes facilidades multiusuários

Resumo

Sistemas de elétrons fortemente correlacionados apresentam fenômenos coletivos que demandam a aplicação de técnicas experimentais avançadas para sua compreensão, muitas delas disponíveis apenas em grandes laboratórios multiusuários. A formação de pesquisadores e grupos de pesquisa capazes de utilizar tais técnicas em alto nível é portanto essencial. Neste projeto de auxílio a pesquisa regular são solicitados recursos de mobilidade (pesquisa de campo) que irão viabilizar a execução de sete subprojetos envolvendo sistemas fortemente correlacionados, utilizando equipamentos especializados em diversos laboratórios de grande porte (sincrotron e nêutrons), com a participação de alunos de doutorado. Serão investigados: (i) o cuprato CuSb2O6 com estrutura trirutilo exibindo ordenamento e excitações orbitais não convencionais; (ii) compostos com estrutura de gaiola YbFe2Zn20-xCdx com possível coexistência entre férmions pesados e leves; (iii) Co2O3BO3 com estrutura ludwigita, com ordenamento de carga e fases intermediárias sob aquecimento; (iv) perovskitas duplas Ca1-xYxMnReO6 com ordenamento magnético não colinear sintonizável; (v) GdRhIn5 com estado fundamental magnético quase-degenerado e possíveis fases meta-estáveis; (vi) o sistema de iridatos dopados com cobalto Sr2Ir1-xCoxO4 atravessando uma transição metal-isolante quântica; e (vii) materiais magnéticos intermetálicos da família RNiSi3 (R=terra-rara), utilizando diversas técnicas de espalhamento e absorção de raios-X, bem como difração de nêutrons. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)