Busca avançada
Ano de início
Entree

Modelagem de interações entre a terra e a água no Reservatório de Chavantes (SP) via geotecnologias

Processo: 21/14250-5
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de junho de 2022 - 31 de maio de 2025
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geografia Física
Pesquisador responsável:EDINÉIA APARECIDA DOS SANTOS GALVANIN
Beneficiário:EDINÉIA APARECIDA DOS SANTOS GALVANIN
Instituição Sede: Faculdade de Ciências, Tecnologia e Educação. Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Ourinhos. Ourinhos , SP, Brasil
Pesquisadores associados:Maria Cristina Perusi ; Natalia Verónica Revollo Sarmiento ; Paula Andrea Zapperi ; Raquel Menezes da Mota Leite ; Verónica Gil
Assunto(s):Geotecnologias  Hidrografia  Recursos hídricos  Reservatórios de água  Monitoramento ambiental  Sensoriamento remoto 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:água | geotecnologias | Hidrografia | Modelagem | solo | Geotecnologias e modelagem

Resumo

O monitoramento ambiental de corpos hídricos tem recebido especial atenção nas últimas décadas, pesquisas nesse contexto podem fornecer dados para subsidiar ações preventivas e de restauração por meio de uma metodologia de caráter sistêmico no âmbito do planejamento ambiental em escalas locais e regionais. O objetivo dessa pesquisa é realizar o monitoramento da dinâmica da área de preservação permanente e sólidos em suspensão do reservatório de Chavantes, estado de São Paulo - Brasil, por meio da modelagem espaço-temporal e índices biofísicos. O avanço científico desta pesquisa está na modelagem via sensoriamento remoto e modelos estatísticos para subsidiar análises da dinâmica do reservatório. A metodologia baseia-se em duas etapas principais: 1) Processamento das imagens Landsat dos anos de 1990, 2000, 2010 e 2020 via plataforma Google Earth Engine para obtenção de índices biofísicos e 2) Utilização de abordagens estatísticas para analisar as relações dos índices biofísicos na escala de polígonos e a análise espaço-temporal da movimentação dos polígonos da região em termos de topologia, tamanho, distância e direção das mudanças na área de preservação permanente e do corpo hídrico do reservatório. A metodologia será avaliada visual e numericamente. Diante do exposto, as principais motivações para esta proposta são a importância que há na exploração de novas metodologias de pesquisa para o diagnóstico das mudanças ambientais ocorridas na área de estudo, bem como a modelagem via sensoriamento remoto e modelos estatísticos para subsidiar as análises das transformações da paisagem em estudo especificamente nas áreas que circundam o lago da barragem, bem como as possíveis relações entre as mudanças no LULC e sua relação com a ocorrência de sólidos suspensos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)