Busca avançada
Ano de início
Entree

Centro de Inovação em Inteligência Artificial para a Saúde (CIIA-Saúde)

Processo: 20/09866-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa Centros de Pesquisa em Engenharia
Vigência: 01 de setembro de 2021 - 31 de agosto de 2026
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Convênio/Acordo: MCTI/MC
Pesquisador responsável:Virgilio Augusto Fernandes Almeida
Beneficiário:Virgilio Augusto Fernandes Almeida
Instituição-sede: Instituto de Ciências Exatas (ICEx). Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Ministério da Educação (Brasil). Belo Horizonte , SP, Brasil
Município: Belo Horizonte
Instituição parceira: UNIDADE NAO MAPEADA
Pesquisadores principais:
Altigran Soares da Silva ; Antonio Luiz Pinho Ribeiro ; Carisi Anne Polanczyk ; Carla Maria Dal Sasso Freitas ; Cesar Gomes Victora ; Deborah Carvalho Malta ; Jaime Arturo Ramírez ; Jussara Marques de Almeida ; Marco Aurelio Romano Silva ; Marcos André Gonçalves ; Mario Fernando Montenegro Campos ; Mauro Martins Teixeira ; Philippe Olivier Alexandre Navaux ; Wagner Meira Junior ; Walmir Matos Caminhas
Pesq. associados:Adriano Alonso Veloso ; Adriano Cesar Machado Pereira ; Airton Tetelbom Stein ; Alexandre Salles da Cunha ; Alipio Monteiro Barbosa ; Aluísio Jardim Dornellas de Barros ; Ana Beatriz Gorini da Veiga ; Ana Cristina Simões e Silva ; Ana Lúcia Cetertich Bazzan ; Ana Luiza Silva Maia ; Ana Paula Couto ; Anderson Maciel ; André Grahl Pereira ; André Luiz da Costa Carvalho ; Anisio Mendes Lacerda ; Antonio Alfredo Ferreira Loureiro ; Antonio de Padua Braga ; Augusto Afonso Guerra Júnior ; Augusto Buchweitz ; Beatriz D'Agord Schaan ; Bernardo Lanza Queiroz ; Bruce Bartholow Duncan ; Bruno Hochhegger ; Cassio Maldonado Turra ; Claudio Rosito Jung ; Daniel Fernandes Macedo ; Dante Augusto Couto Barone ; Debora Marques de Miranda ; Dorgival Olavo Guedes Neto ; Duncan Dubugras Alcoba Ruiz ; Edleno Silva de Moura ; Eduardo Martín Tarazona Santos ; Eduardo Mazoni Andrade Marçal Mendes ; Eliana de Faria Garcia Horta ; Erickson Rangel do Nascimento ; Fabiola Guerra Nakamura ; Fabrício Benevenuto de Souza ; Felipe Gomes Naveca ; Felipe Rech Meneguzzi ; Fernanda Guilhon Simplicio ; Fernando Marcos dos Reis ; Frederico Gadelha Guimaraes ; Frederico Gualberto Ferreira Coelho ; George Luiz Medeiros Teodoro ; Gisele Lobo Pappa ; Gisely Cardoso de Melo ; Guilherme Vianna Raffo ; Gustavo Medeiros Freitas ; Hector Henrique Ferreira Koolen ; Heitor Soares Ramos Filho ; Humberto Correa da Silva Filho ; Italo Fernando Scotá Cunha ; João Luiz Dihl Comba ; João Trindade Marques ; Jorge Gustavo Velasquez Melendez ; José Marcos Silva Nogueira ; Juliana Silva Herbert ; Karen Cristine Abrão ; Karin Becker ; Kenya Valeria Micaela de Souza Noronha ; Leandro Malard Moreira ; Leonardo Barbosa e Oliveira ; Lester de Abreu Faria ; Lisandro Zambenedetti Granville ; Luciana Salete Buriol ; Luciano Cunha de Araújo Pimenta ; Luiz Armando Cunha de Marco ; Luiz Chaimowicz ; Luiz Filipe Menezes Vieira ; Luiz Gonzaga Vaz Coelho ; Luiz Gustavo de Oliveira Lopes Cançado ; Manuel Menezes de Oliveira Neto ; Marcio Sarroglia Pinho ; Marcos Augusto Menezes Vieira ; Marcus Vinícius Guimarães de Lacerda ; Maria Inês Schmidt ; Mariana Recamonde Mendoza Guerreiro ; Mariangela Leal Cherchiglia ; Moises Gomes de Carvalho ; Mônica Viegas Andrade ; Omar Paranaiba Vilela Neto ; Patricia Ashton Prolla ; Paulo Roberto Ferreira Junior ; Rafael Giusti ; Rafael Heitor Bordini ; Rafael Prikladnicki ; Raquel Oliveira Prates ; Reinaldo Martinez Palhares ; Renata Vieira ; Renato Antonio Celso Ferreira ; Ricardo Hiroshi Caldeira Takahashi ; Ricardo Matsumura de Araujo ; Rodrigo Coelho Barros ; Rodrigo da Rosa Righi ; Rodrygo Luis Teodoro Santos ; Rosa Maria Vicari ; Sandhi Maria Barreto ; Sandro Jose Rigo ; Silvio Cesar Cazella ; Soraia Raupp Musse ; Stefanie Costa Pinto Lopes ; Tayana Uchôa Conte ; Vanderson de Souza Sampaio ; Viviane Pereira Moreira ; Wuelton Marcelo Monteiro
Assunto(s):Algoritmos  Aprendizado computacional  Aprendizagem profunda  Inteligência artificial  Redes neurais (computação)  Confiabilidade  Modelos  Otimização  Predição  Simulação  Usabilidade  Diagnóstico  Gestão da informação em saúde  Epidemias  Qualidade de vida 

Resumo

A saúde, definida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como estado de completo bem-estar físico, mental e social, e não apenas a ausência de doença ou enfermidade, é uma dimensão básica da vida, seja para os indivíduos, seja para as sociedades e nações. Um complexo conjunto de políticas e ações têm sido estruturados pelas nações e seus governos, em diferentes níveis, para garantir a prevenção, o diagnóstico e o tratamento adequados das doenças e alcançar o bem-estar individual e social. O custo apenas dos sistemas identificados como de saúde representa cerca de 10% do PIB mundial e, apesar dos progressos das últimas décadas, ainda persistem desafios no reconhecimento e tratamento de inúmeras condições clínicas, e mesmo para garantir que todos tenham acesso à atenção à saúde de qualidade. A inteligência artificial (IA), definida como a simulação da inteligência humana em máquinas, incluindo aprendizado, raciocínio e percepção, e as tecnologias relacionadas, é uma inovação disruptiva na área da saúde e da medicina. O foco do projeto do Centro de Inovação em Inteligência Artificial em Saúde (CIIA-Saúde) é a pesquisa e desenvolvimento de técnicas e soluções de inteligência artificial (IA) para habilitar e demonstrar o seu potencial para auxiliar os indivíduos e pacientes no autocuidado, os médicos e profissionais de saúde no diagnóstico e tratamento das doenças e os gestores de saúde na programação de ações de prevenção e organização da assistência à saúde, otimizando a utilização de recursos e melhorando a saúde das pessoas e da população no Brasil. Trata-se de um centro multidisciplinar e multiinstitucional integrando as áreas de ciências exatas e da saúde com sede na UFMG em associação com 9 instituições de ensino superior das regiões Sudeste, Sul e Norte do país, e em parceria com quatro empresas das áreas de saúde, tecnologia e educação. A equipe é constituída por 130 pesquisadores, sendo 95 bolsistas de produtividade do CNPq (19 são 1A). As áreas de saúde do Centro estão estruturadas em cinco eixos fundamentais que abrangem: 1) prevenção e qualidade de vida; 2) diagnóstico, prognóstico e rastreamento; 3) medicina terapêutica e personalizada; 4) sistemas de saúde e gestão; e 5) epidemias e desastres. Associados aos eixos e desafios da saúde, o foco das pesquisas em IA concentram-se nas seguintes áreas: I) Ética e Valores Humanos, II) Modelos e Algoritmos, III) Gerenciamento e Engenharia de Dados, e IV) Sistemas Computacionais. Os resultados esperados do CIIA-Saúde são agrupados em resultados de pesquisa, de inovação e de formação de recursos humanos, incluindo a publicação de artigos científicos em periódicos e conferências nacionais e internacionais de prestígio, o desenvolvimento de provas de conceito e protótipos de soluções junto a empresas e instituições de saúde, bem como a transferência de tecnologia e know-how para o mercado (com o apoio da CTIT-UFMG); e a formação de doutores e mestres. Planeja-se também ações de educação e difusão do conhecimento para estudantes do ensino fundamental e médio incluindo cursos de curta duração e vídeos educativos, e também um curso de especialização (360h) para profissionais da saúde e cursos de curta duração para a população em geral. O Centro planeja também uma intensa atividade internacional, através da colaboração com pesquisadores e instituições de excelência em pesquisa avançada. O CIIA-Saúde terá uma estrutura administrativa enxuta incluindo um Conselho Diretor, Comitê Científico Internacional, Comitê Executivo, Coordenação Técnico-Científica e Secretaria Administrativa, e contará com o apoio da Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa (Fundep) da UFMG para o gerenciamento administrativo e financeiro. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)