Busca avançada
Ano de início
Entree

Atividade física e desenvolvimento motor: efeito de um programa de intervenção baseado na escola e na família durante a infância

Processo: 21/03385-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2022 - 31 de janeiro de 2024
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Pesquisador responsável:Alessandro Hervaldo Nicolai Ré
Beneficiário:Alessandro Hervaldo Nicolai Ré
Instituição-sede: Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados: Anthony David Okely ; David F. Stodden ; Maria Teresa Cattuzzo
Assunto(s):Atividade física  Educação infantil  Escola pública  Promoção da saúde  Aptidão física  Políticas públicas  Pobreza 

Resumo

Diversas pesquisas indicam efeito positivo de programas de intervenção voltados à prática de atividade física (AF) e desenvolvimento motor na infância. Porém, é limitado o conhecimento do efeito de diferentes intervenções aplicadas em diferentes contextos socioculturais, sendo necessárias pesquisas na realidade específica de determinada população, particularmente crianças expostas a índices elevados de vulnerabilidade social. Considerando a realidade de Escolas Municipais de Educação Infantil (EMEIs) em comunidades carentes da zona leste da cidade de São Paulo, este projeto tem como objetivo realizar um programa de intervenção com a comunidade escolar (professores, crianças e famílias) e avaliar sua efetividade em indicadores de AF, competência motora e aptidão física das crianças, assim como verificar as associações longitudinais entre essas variáveis. Quatro EMEIs serão selecionadas aleatoriamente para a pesquisa. A intervenção visa disponibilizar materiais adequados à prática de AF dentro da EMEI (bolas, colchões, etc.) e ministrar programas de capacitação e informação, respectivamente para professores e responsáveis pelas crianças, focados na AF e desenvolvimento motor na infância e na importância da escola e da família. Em seguida, essa intervenção visa que os professores ministrem, durante todo o ano letivo, no mínimo 4h semanais de atividades propostas na capacitação, em conjunto ao apoio familiar à prática adequada de AF. Para verificar a efetividade dessa proposta e as associações longitudinais entre as variáveis, 540 pré-escolares (3 a 5 anos de idade) serão selecionados aleatoriamente para a coleta de dados que incluirá medidas iniciais (baseline) e de acompanhamento anual (follow-up) em indicadores de AF, competência motora e aptidão física, com ajustes do efeito de variáveis sociodemográficas e do ambiente familiar. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)