Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento e avaliação de um aplicativo para identificação e intervenção do zumbido

Processo: 20/06102-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2021 - 31 de outubro de 2023
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fonoaudiologia
Pesquisador responsável:Maria Fernanda Capoani Garcia Mondelli
Beneficiário:Maria Fernanda Capoani Garcia Mondelli
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Pesq. associados: King Chung
Assunto(s):Avaliação fonoaudiológica  Audiologia  Zumbido  Telemedicina 

Resumo

O zumbido é um sintoma definido na literatura como a percepção de som em uma ou nas duas orelhas e/ou na cabeça na ausência de uma fonte sonora externa. O Sistema Único de Saúde não contempla um protocolo clínico que identifique e ofereça intervenção para a população que sofre com zumbido. A disponibilização de um aplicativo avaliado para detecção e tratamento do zumbido pretende suprir a demanda de indivíduos com o sintoma que têm a qualidade de vida fortemente afetada pelo mesmo. Portanto, tornam-se válidos todos os investimentos em alternativas que auxiliem o desenvolvimento e aplicação de estratégias de avaliação e tratamento das alterações apresentadas pelos indivíduos aos serviços de saúde, justificando a realização deste estudo, cujo objetivo é desenvolver e avaliar um aplicativo para identificação e intervenção do zumbido, desenvolvido no Programa de Pós Graduação da Faculdade de Odontologia de Bauru - Universidade de São Paulo (FOB USP). Metodologia: O desenvolvimento do aplicativo contará com a co-orientação da Profa. Dra. King Chung, docente da Northern Illinois University, além do apoio do Setor de Tecnologia Educacional da FOB/USP juntamente com a Seção Técnica de Informática, da mesma instituição. Serão selecionados indivíduos inscritos na Clínica de Fonoaudiologia da FOB USP, com queixa de zumbido e sem perda auditiva, para fazerem uso de um aplicativo para identificação e intervenção do sintoma. Durante a avaliação inicial será realizada a aplicação do questionário Tinnitus Handicap Inventory (THI), Escala Analógica Visual (EAV), avaliação audiológica completa e Audiometria de Altas Frequências (AAF), medidas psicoacústicas do zumbido. Para a intervenção, os pacientes serão orientados a utilizar o aplicativo com as etapas de identificação e tratamento, contando com o recurso de gamificação. Os sujeitos da pesquisa serão avaliados no período de 3, 6 e 12 meses após a avaliação inicial. Desta forma, serão aplicados novamente os questionários THI e a EVA em 3 e 6 meses após a avaliação inicial. E todos os procedimentos novamente no período de 12 meses para que seja possível correlacionar os dados obtidos antes e após a intervenção. Durante a avaliação final, também será aplicado um questionário a respeito da facilidade e usabilidade do aplicativo para identificação e intervenção do zumbido. Análise dos dados: Os dados coletados durante este estudo serão transferidos para uma planilha Microsoft Excel, para serem analisados por meio de estatística descritiva qualitativa. Para os dados quantitativos será adotada a análise inferencial. Serão utilizados testes estatísticos, adotando-se nível de significância 5%. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)