Busca avançada
Ano de início
Entree

Impacto das estratégias de controle parental e da ToM nas avaliações de crianças sobre situações de domínio pessoal

Resumo

Os eventos de domínio pessoal dizem respeito a um conjunto de ações que o indivíduo considera fora da área da regulação social. Trata-se de aspectos da vida privada que quando julgados não são certos e nem errados, pois são preferências e escolhas individuais. O presente projeto de pesquisa pretende investigar o impacto das diferentes estratégias de controle parental e da TOM sobre a avaliação que as crianças fazem a respeito dos eventos de domínio pessoal. O desenvolvimento da noção de agência e direito às escolhas de domínio pessoal, depende do sucesso das crianças diante de situações de conflito parental. As variáveis socioeconômicas e culturais, as variações no nível de TOM da criança, assim como o tipo de estratégia parental utilizada pela família nos conflitos de domínio pessoal, serão as variáveis independentes do estudo, enquanto a tomada de decisão de resistência à autoridade parental, as atribuições de emoções recorrentes a esse tipo de conflito e o julgamento do tipo de estratégia utilizada pelas mães, se constituirão no conjunto de variáveis dependentes do estudo. Os participantes serão crianças de 5, 7 e 10 anos, e os instrumentos serão dilemas sobre conflitos de domínio pessoal e diferentes estratégias de controle e instrumentos selecionados da TOM. A análise do impacto será mensurada através da ANOVA de medidas repetidas. Espera-se que o nível elevado de TOM implique em respostas de maior resistência à autoridade parental, e que as estratégias parentais de controle externo impliquem em obediência à autoridade parental. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)