Busca avançada
Ano de início
Entree

CRKs (Cdc2 Related Kinases) em Trypanosoma cruzi: desvendando seu papel na proliferação, metaciclogênese e no crosstalk entre proliferação e metabolismo celular

Processo: 21/01013-5
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2021 - 30 de abril de 2024
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Protozoologia de Parasitos
Pesquisador responsável:Simone Guedes Calderano
Beneficiário:Simone Guedes Calderano
Instituição Sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Pesquisadores associados:Ariel Mariano Silber ; John Morrison Kelly ; Julia Pinheiro Chagas da Cunha
Bolsa(s) vinculada(s):22/03343-5 - Expressão e localização celular das proteínas CRK 1 e 3 em Trypanosoma cruzi, BP.TT
22/00279-4 - TurboID na identificação de interatores de CRKs em Trypanosoma cruzi, BP.TT
Assunto(s):Biologia molecular  Doença de Chagas  Trypanosoma cruzi  Metaciclogênese  Proliferação celular  Metabolismo celular  Quinases ciclina-dependentes  CRISPR-Cas9 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Cdk | metabolismo celular | metaciclogenese | Proliferação celular | Trypanosoma cruzi | Biologia celular, molecular e bioquímica

Resumo

A Doença de Chagas é causada pelo protozoário Trypanosoma cruzi e seu tratamento é realizado com o fármaco benzonidazol, desde a década de 1970. A falta de novos fármacos de tratamento reflete a complexidade da biologia deste parasito que apresenta quatro formas de vida distintas entre si quanto ao metabolismo e capacidade replicativa. As formas infectivas são incapazes de proliferar e são as condições do ambiente que deflagram este tipo de mudança entre estas formas de vida, como o estresse nutricional que deflagra a metaciclogênese. Porém, como este parasito regula o bloqueio da proliferação na transição de formas proliferativas para formas infectivas/não-proliferativas ainda não é entendido. Em eucariotos modelos o controle da proliferação celular e entrada em quiescência são coordenadas pelas CDKs (cyclin dependente kinases). Adicionalmente, CDKs são enzimas centrais no crosstalk com o metabolismo celular, podendo regular e serem reguladas pelos sensores celulares que definem o estado replicativo celular de acordo com as condições nutricionais do meio. Em T. cruzi são identificados dez genes homólogos de CDK, as CRKs (Cdc2-related kinase), mas apenas duas CRKs foram parcialmente caracterizadas quanto às funções no ciclo celular. Uma vez que o controle da proliferação celular é essencial para a diferenciação de T. cruzi em formas infectivas e sabendo que ocorre em coordenação com mudanças no metabolismo celular, o objetivo desta proposta é desvendar as funções de CRK1 e CRK3 em T. cruzi no controle da proliferação celular, na entrada em quiescência durante a metaciclogênese e no possível crosstalk com o metabolismo celular. Utilizando metodologias de ponta como CRISPR/Cas9 e TurboID será possível estabelecer a dinâmica de expressão, localização e de ligação com interatores de CRK1 e CRK3 ao longo do ciclo celular e metaciclogênese. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)