Busca avançada
Ano de início
Entree

Consequências epigenéticas da experiência no período pré-cópula de machos suínos na cognição e emocionalidade de leitões

Resumo

A proposta atual unirá duas propostas existentes, uma financiada pela FAPESP e a segunda financiada pelo Conselho de Pesquisa da Suécia para Desenvolvimento Sustentável. Uma proposta é um projeto regular da FAPESP, onde Zanella é o PI e Guerrero-Bosagna é co-investigador. A segunda proposta é financiada pelo FORMAS, Conselho de Pesquisa Sueco, para Desenvolvimento Sustentável, com Guerrero-Bosagna como PI e Zanella como Co-Investigador. O Ph.D. o candidato Thiago Bernardino de Almeida, com bolsa FAPESP de doutorado, incluindo BEPE, e pelo M.Sc. candidato Leandro Sabei, com bolsa da CAPES, coletaram amostras biológicas e dados comportamentais no âmbito do projeto 2018/01082-4, que tem como objetivo entender o impacto do estresse nos cachaços sobre os resultados do desenvolvimento da prole. Thiago Bernadino de Almeida completará seu doutorado em outubro / 2020 e Leandro Sabei completará seu mestrado em junho / 2020. O trabalho colaborativo com Linkoping permitirá 1) a identificação de marcadores epigenéticos em tipos de células periféricas de 13 porcas e 18 cachaços (swabbs bucais) relacionadas a exposições relevantes para o seu bem-estar (por exemplo, estresse), durante a gametogênese, para cachaços e gestação para porcas e 2) Identificação de alterações epigenéticas no tecido cerebral e testículos de leitões (número) que eram descendentes de 18 javalis e 13 porcas. Dezoito javalis foram alojados em três ambientes contrastantes. O sêmen reunido dos javalis foi usado para inseminar 13 marrãs, com status social diferente. Os testes de paternidade permitiram investigar a relação entre o tratamento paterno e o status social das mães sobre o comportamento, fisiologia e marcadores epigenéticos de seus filhos (n = 142). Os dados comportamentais estão disponíveis nos leitões. Além disso, medidas de emocionalidade, como a resposta dos leitões ao teste de campo aberto, novo teste de objeto e medidas do limiar nociceptivo. Amostras post mortem, como cérebro e testículos, estão disponíveis em todos os porcos machos (nX). Este experimento fornecerá material biológico para correlacionar dados comportamentais com padrões de metilação do DNA e níveis de cortisol. O GBS-MeDIP, uma combinação de métodos desenvolvidos no laboratório do Dr. Guerrero-Bosagna e já testados em amostras de porcos, será aplicado para detectar marcas epigenéticas de estresse nessas amostras biológicas. Um grande projeto temático será preparado pela equipe colaboradora, para abordar o impacto de doenças, estresse e bem-estar nos resultados do desenvolvimento, usando suínos como modelos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)