Busca avançada
Ano de início
Entree

Política e Gestão da Educação na Rede Estadual Paulista, 1995-2018

Resumo

Neste livro, fruto da pesquisa Política Educacional na Rede Estadual Paulista (1995-2018), os autores assumiram o desafio de analisar a política educacional do governo de São Paulo no período de 1995 a 2018, tendo como foco a construção daagenda, a formulação e a implantação de programas e projetos com base em estudodocumental e bibliográfico.Por meio de uma apresentação pormenorizada de programas e projetosdesenvolvidos num período de 24 anos, as decisões e ações de diferentes gestores eformuladores de políticas educacionais foram analisadas para a compreensão dospressupostos que orientaram a gestão da rede estadual de ensino paulista e do Centro Paula Souza e a política educacional no período, considerando continuidades e descontinuidades.Nos seis primeiros capítulos, os leitores encontrarão uma descrição analíticados principais programas e projetos implantados em cada uma das gestões do PSDB nogoverno paulista no período de 1995 a 2018. No sétimo, a partir da trajetória do CPS,analisa-se como a relação educação e formação técnico-profissional também foi orientada pelos princípios e instrumentos da Nova Gestão Pública. No último, são analisadas a tentativa de aprovar o "Plano Estadual de Educação: Proposta da Sociedade Paulista" (PEE-PSP), elaborado por setores organizados da sociedade civil no início dos anos 2000, bem como as disputas ocorridas no processo de construção desta política de Estado, com suas diretrizes e metas, em 2015-16, que resultaram na Lei n. 16.279/2016, o Plano Estadual de Educação ora em vigor.De um ponto de vista metodológico, os capítulos se orientam pela intenção deanalisar a política educacional paulista e identificar avanços e resistências, o que permite direcionar os esforços analíticos tomando diversas situações em que a natureza e a ação do Estado se fazem presentes na concepção do "governo em ação", enfatizando-se aí a iniciativa governamental. Com efeito, o governo é ator preferencial para a compreensão dos contratos sociais que lhe conferem legitimidade para deliberar sobre os problemas e as demandas sociais. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)