Busca avançada
Ano de início
Entree

Aspectos inflamatórios e de imagens funcionais na COVID-19: análise de achados de imagem no PET/CT e cintilografia de perfusão pulmonar

Resumo

A doença COVID-19 causada pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2) já matou cerca de 2,5 milhões de pessoas em todo mundo, sendo cerca de 250 mil no Brasil, e a descoberta de novas mutações é um indicativo de que a condição de pandemia deve perdurar nos próximos meses. O quadro clínico e evolução dos pacientes com diagnóstico COVID-19 são muito heterogêneos e estudos para avaliação do perfil inflamatório, de coagulação e imagens funcionais são justificados. Há evidências de que estes pacientes podem desenvolver coagulação intravascular disseminada, de caráter pró-trombótico e alto risco de tromboembolismo venoso, sobretudo pulmonar (TEP), impactando substancialmente na evolução e elevando a mortalidade. A avaliação de dímero-d, fibrinogênio e tempo de trombina poderá contribuir para minimizar as consequências do TEP. Além disso, um estudo prospectivo de imagens funcionais como a cintilografia de perfusão pulmonar e exame PET/CT com FDG-18F poderá avaliar a validade destes métodos na detecção do TEP em pequenos vasos e alterações precoces tanto em pulmões quanto em outros órgãos afetados pela doença. Sendo assim, o principal objetivo deste trabalho é avaliar a sensibilidade da cintilografia de perfusão pulmonar para detectar precocemente o envolvimento pulmonar, em particular TEP, e a sensibilidade do PET/CT com FDG-18F para detectar precocemente alterações inflamatórias nos pulmões (e outros órgãos) desses pacientes. Acreditamos que este estudo pode exercer impacto relevante no manejo de pacientes com COVID-19. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)