Busca avançada
Ano de início
Entree

Adaptações duradouras da proliferação celular e da estrutura da mcuosa gástrica a efeitos induzidos pelo desmame precoce

Processo: 21/09522-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Vigência: 01 de setembro de 2021 - 28 de fevereiro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Citologia e Biologia Celular
Pesquisador responsável:Patrícia Gama
Beneficiário:Patrícia Gama
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Aleitamento materno  Mucosa gástrica  Proliferação celular 

Resumo

A mucosa gástrica é alterada quando a amamentação é interrompida, e essa condição de desmame precoce (DP) afeta permanentemente a diferenciação das células zimogênicas. Atualmente, nosso objetivo é avaliar os efeitos imediatos e de longo prazo do DP na proliferação das células gástricas, considerando os marcadores moleculares do ciclo celular, inflamação e metaplasia. No geral, investigamos a adaptação ao longo da vida do crescimento gástrico. Ratos Wistar foram divididos em dois grupos: controle amamentado (A) e DP, as amostras gástricas foram coletadas aos 18, 30 e 60 dias para estudo de morfologia, análise de RNA e isolamento de proteínas. Inflamação e metaplasia não foram identificadas, porém nós observamos que o DP imediatamente aumentou o índice proliferativo-Ki-67 (IP) e a espessura da mucosa (18 d). Dos 18 d as 30 d, o IP aumentou nos ratos A, enquanto é estável nos animais DP, e essa mudança de desenvolvimento no A tornou o IP mais elevado quando comparado ao DP. Aos 60 d, o IP diminuiu no A, tornando os índices semelhantes entre os grupos. Espacialmente, durante o desenvolvimento, as células proliferativas se distribuem ao longo da glândula, enquanto nos adultos, elas se concentram na área do istmo-pescoço. DP arrasta as células em divisão para este compartimento (18 d), e aumenta o IP na base da glândula (60 d), mas não interfere na expressão das moléculas do ciclo celular. Aos 18 d, DP reduziu os níveis de Tgf²2, Tgf²3 e Tgfbr2 e T²RII e p27, o que poderia regular o aumento proliferativo observado nesta idade. Demonstramos que a proliferação de células gástricas é imediatamente regulada positivamente pelo DP, corroborando com resultados anteriores, mas pela primeira vez mostramos que esse aumento de IP é estável durante o crescimento e envelhecimento. Sugerimos que a amamentação e o desmame precoce podem usar TGF²s e p27 para desencadear diferentes perfis proliferativos durante o curso de vida. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MESQUITA DA SILVA, KETHLEEN; RATTES, ISADORA CAMPOS; PEREIRA, GIZELA MARIA AGOSTINI; GAMA, PATRICIA. Lifelong Adaptation of Gastric Cell Proliferation and Mucosa Structure to Early Weaning-Induced Effects. FRONTIERS IN PHYSIOLOGY, v. 12, SEP 13 2021. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.