Busca avançada
Ano de início
Entree

Exercício aeróbio durante estágio avançado de hipertensão arterial não controlada.

Processo: 21/07138-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Vigência: 01 de setembro de 2021 - 28 de fevereiro de 2022
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Katashi Okoshi
Beneficiário:Katashi Okoshi
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Hipertensão  Exercício físico  Cardiologia 

Resumo

Objetivo: Avaliar a influência do treinamento físico na função miocárdica, estresse oxidativo, metabolismo energético e vias de sinalização intracelular em ratos espontaneamente hipertensos (SHR) com hipertensão arterial em estágio avançado. Métodos: Quatro grupos experimentais foram avaliados: ratos Wistar normotensos (W, n=27), ratos W exercitados (W-EX, n=31), SHR (n=27), e SHR exercitados (SHR-EX, n=32). Aos 13 meses de idade, os grupos exercitados foram submetidos a exercício em esteira cinco dias por semana, por quatro meses. A função miocárdica in vitro foi avaliada em preparações com músculos papilares isolados do ventrículo esquerdo. A atividade de enzimas anti-oxidantes e o metabolismo energético foram analisados por espectrofotometria. A atividade da NADPH oxidase foi avaliada pela redução da lucigenina e a expressão proteica por Western blot. Análise estatística: ANOVA e Tukey ou Kruskal-Wallis e Dunn. Resultados: O grupo SHR-EX teve frequência menor de sinais clínico e anátomo-patológicos de insuficiência cardíaca. A função miocárdica e a atividade de enzimas anti-oxidantes foram melhores no grupo SHR-EX que no SHR. A concentração de hidroperóxido de lipídeo e a expressão proteica da JNK fosforilada e da IkB total foram maiores nos grupos hipertensos que nos controles. A concentração de malonaldeído, a atividade da NADPH oxidase, e a expressão da JNK total, p38 fosforilada, p65 NF-kB total e fosforilada, e IkB fosforilado não diferiram entre os grupos. A expressão da p38 total e das formas total e fosforilada da ERK foram maiores no SHR que no W. A lactato desidrogenase e a ERK foram menores e a citrato sintase e a B-hidroxiacildesidrogenase maiores no SHR-EX que no SHR. Conclusão: O exercício melhora a capacidade funcional, a função miocárdica, e a atividade de enzimas anti-oxidantes; reduz a frequência de sinais de insuficiência cardíaca e a ERK fosforilada; e normaliza o metabolismo energético de ratos espontaneamente hipertensos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)