Busca avançada
Ano de início
Entree

Bacteriófagos líticos como substitutos para antibióticos utilizados como promotores de crescimento na produção comercial de suínos

Processo: 20/05759-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de agosto de 2021 - 30 de abril de 2022
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Flávio de Oliveira Francisco
Beneficiário:Flávio de Oliveira Francisco
Empresa:Genobiomas Biotecnologia Ltda
CNAE: Criação de suínos
Pesquisa e desenvolvimento experimental em ciências físicas e naturais
Município: São Paulo
Pesq. associados:Alan Trindade Branco ; Henrique Meiroz de Souza Almeida ; Lúcio Francelino Araújo
Bolsa(s) vinculada(s):21/09263-0 - Bacteriófagos líticos como substitutos para antibióticos utilizados como promotores de crescimento na produção comercial de suínos, BP.PIPE
Assunto(s):Virologia  Antibióticos  Bacteriófagos  Escherichia coli  Mycoplasma hyopneumoniae  Salmonella  Suinocultura  Suínos  Agronegócio 

Resumo

O agronegócio é reconhecidamente um importante pilar para a economia brasileira. Dentre as várias atividades englobadas por esse setor, a suinocultura é uma das mais importantes, movimentando cerca de R$ 150 bilhões por ano. O Brasil é o quarto maior produtor de carne suína do mundo, exportando para mais de 70 países, e ainda com potencial para um maior crescimento. Com o intuito de detectar os principais problemas e anseios dessa atividade, entrevistamos mais de 100 pessoas envolvidas na cadeia produtiva de suínos, como parte das atividades necessárias do 8th PIPE High-Tech Entrepreneurial Training da FAPESP. Percebemos que a suinocultura brasileira tem dois problemas principais: i) o alto custo para a produção de suínos, cujo principal fator (87%) deve-se ao custo da nutrição. Visando reduzir esse custo, nossa startup, a GenoBiomas Biotecnologia, tem trabalhado para identificar um consórcio microbiano que aumente a capacidade de absorção de nutrientes da ração; ii) a retirada de antibióticos adicionados à ração como promotores de crescimento, fomentada pelo aumento do número de bactérias multirresistentes a antibióticos e pelo mercado consumidor que busca um produto sem esses compostos. Essa retirada já ocorreu em alguns países e é uma tendência que está sendo seguida pelos nossos órgãos públicos competentes, que visam controlar rigidamente o uso desses compostos na pecuária. Apesar do uso descontrolado de antibióticos ser um procedimento que reflete negativamente na saúde pública, a retirada destes tornam os animais mais susceptíveis a infecções bacterianas e afeta drasticamente a capacidade produtiva de carne. Para atender essa demanda do mercado, a GenoBiomas Biotecnologia visa encontrar um produto natural e alternativo para o controle de bactérias patogênicas da suinocultura. A alternativa mais promissora é o uso de bacteriófagos, parasitas naturais altamente específicos que infectam e destroem apenas as bactérias-alvo. Os bacteriófagos são encontrados abundantemente na natureza e são completamente inócuos para humanos, animais, plantas e meio ambiente. Dessa forma, nossa empresa pretende isolar da natureza bacteriófagos específicos para combater as espécies Escherichia coli e Salmonella spp., que são bactérias causadoras de doenças que geram grandes perdas econômicas à suinocultura mundial. Estima-se que o mercado nacional de antibióticos para suínos movimente mais de 150 milhões de reais por ano. Portanto, produtos de origem natural e de mesma ou melhor eficácia do que os antibióticos terão um alto valor comercial. Além disso, também trará impactos positivos na saúde pública, meio ambiente e qualidade da carne, agregando um maior valor ao produto brasileiro. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)