Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação de Risco Corporativo associado a Água - ARCA

Processo: 20/10047-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de maio de 2021 - 30 de abril de 2023
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Recursos Hídricos
Pesquisador responsável:Claudio Bicudo Mendonça
Beneficiário:Claudio Bicudo Mendonça
Empresa:H2O Company Gestão em Sustentabilidade Ltda. - ME
CNAE: Atividades profissionais, científicas e técnicas não especificadas anteriormente
Município: São Paulo
Pesquisadores principais:
Dener Ghenov Costa
Pesq. associados:Renata de Souza Leão Martins
Vinculado ao auxílio:16/21902-0 - Avaliação de Risco Corporativo Associado a Água - ARCA, AP.PIPE
Assunto(s):Gestão de recursos hídricos  Bacia hidrográfica  Sustentabilidade  Avaliação de risco  Escassez de água  Água 

Resumo

O Brasil é o país com maior disponibilidade de água doce no mundo, porém sua distribuição é desigual, sendo que as regiões com maiores demandas possuem menor disponibilidade. As mudanças climáticas globais, somadas ao desmatamento das florestas estão mudando os padrões hidrológicos no Brasil. Com isso, regiões historicamente abundantes em água, estão passando por situações de crise hídrica com maior frequência e intensidade. A falta de chuvas, somada à ausência de saneamento básico e ao aumento da demanda resulta em significativo risco de perdas econômicas. O setor industrial demanda grandes volumes de água nas suas operações diretas e também em toda a cadeia produtiva, principalmente aquelas com etapas agrícolas em seus processos. Períodos de seca prolongados aumentam ainda mais a demanda por irrigação o que pode impactar a disponibilidade de água para outros usos e gerar conflitos. Diante desse cenário, uma boa gestão corporativa dos recursos hídricos é fundamental para o sucesso do negócio e para a segurança hídrica do país. De olho nos riscos associados à disponibilidade de água, empresas, instituições financeiras e órgãos gestores, como os Comitês de Bacias Hidrográficas, buscam ferramentas que auxiliem na melhor gestão do uso de água. O objetivo geral deste projeto é desenvolver uma ferramenta de avaliação de risco hídrico com eficácia, tanto para as empresas brasileiras quanto para os Comitês de Bacias Hidrográficas que fazem a gestão de recursos hídricos de cada região. A Fase 1 do PIPE teve como objetivo definir um modelo de software de avaliação de risco hídrico. Foi realizado um benchmarking com as ferramentas internacionais existentes, além da identificação dos dados necessários e o desenvolvimento de plataforma-piloto de avaliação de risco hídrico para indústrias. Na Fase 1 também foi verificada a viabilidade técnica e econômica de construção do sistema ARCA Sustentabilidade. Após a conclusão dessa fase a H2O Company permaneceu desenvolvendo o software, até o lançamento da versão básica MVP (Minimum Viable Product), porém com recursos limitados. A fase 2 do PIPE possibilitará o contínuo aprimoramento desta ferramenta de tamanha importância para a gestão da água no Brasil. Em um primeiro momento, nesta segunda fase, será realizado um mapeamento de bacias hidrográficas críticas e mercado alvo, que permitirá a construção de um banco de dados destas bacias prioritárias onde estão localizados os potenciais clientes. Com estas informações, o programador terá todos os elementos para o desenvolvimento do sistema ARCA Sustentabilidade. Ao final do PIPE 2 o produto deve estar pronto para ser comercializado. Com a utilização deste software as empresas e órgãos gestores terão subsídios para desenvolver estratégias de uso sustentável da água. O produto também deve agregar valor às empresas por melhorias na gestão ambiental e na imagem e reputação da organização. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)