Busca avançada
Ano de início
Entree

Centro de Excelência na Descoberta de Novos Alvos

Resumo

O foco do CENTD é combinar a expertise dos pesquisadores do Instituto Butantan (bioquímica, OMICS, biologia molecular e celular, farmacologia, genética, bioinformática, imunologia, e ensaios in vitro e in vivo) à experiência da GSK, na busca e validação de novos alvos moleculares relacionados com doenças imuno-inflamatórias, para possibilitar o desenho e desenvolvimento de novos agentes terapêuticos. Durante os primeiros 5 anos, a equipe do CENTD dedicou esforços à implementação de 6 modelos celulares que permitiram a triagem (screening) de 32 venenos animais, originários de diferentes locais do mundo e 18 peptídeos sintéticos, originados por meio de análise computacional, a partir de proteínas. Inicialmente, o potencial inflamatório de venenos animais e frações derivadas foi analisado por triagem em modelos celulares estabelecidos. Posteriormente, os ensaios foram otimizados para a identificação da atividade anti-inflamatória e as amostras foram analisadas nessas condições. A análise incluiu técnicas de triagem de alto conteúdo, multiplex, citometria de fluxo e espectrometria de massas. Análises transcriptômica, proteômica e bioinformática também foram realizadas, gerando um banco de dados bastante significativo. O screening se mostrou efetivo, uma vez que dos 32 venenos analisados 3 foram eleitos para as próximas etapas (identificação e validação de alvos). Da mesma forma, dos 18 peptídeos estudados, 5 foram eleitos para o seguimento dos ensaios que buscam a validação de alvos, utilizando especialmente novas tecnologias que serão implementadas na próxima etapa. Ainda, a integração de dados oriundos de diferentes técnicas ômicas, permitiu, a partir de ensaios com veneno bruto, a eleição de 5 alvos moleculares para validação na próxima etapa. Em termos de difusão da ciência, várias atividades foram desenvolvidas pelo CENTD. Entre elas, exposições realizadas em locais de grande circulação e visibilidade, como estações de metrô e termômetros alocados em 300 endereços em São Paulo. De acordo com a mídia, as imagens CENTD provavelmente foram visualizadas por mais de 2 milhões de pessoas. Além disso, também foram oferecidos pelo CENTD formação empreendedora via a participação do grupo integrante no MBA - Gestão da Inovação em Saúde, na organização de cursos de curta duração e seminários, sempre com foco nos processos de inovação. Nesse período, foram aplicadas 5 patentes no INPI / PCT e publicados 34 artigos científicos. Mais de 50 alunos de mestrado e doutorado, supervisionados pelos investigadores principais (PIs), concluíram as suas teses e, mais de 20 pós-doutorandos, foram supervisionados pelos PIs. Além disso, existe também a transferência de know-how entre os principais atores do projeto GSK e os grupos de pesquisa coordenados por PIs (pesquisadores principais), compostos por reuniões de progresso científico a cada dois meses, visitas técnicas de cientistas da GSK para apoiar o desenvolvimento de projetos CENTD e visitas anuais do conselho consultivo. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)