Busca avançada
Ano de início
Entree

Angiogênese e imunossupressão no microambiente tumoral de neoplasias caninas

Resumo

O microambiente tumoral é constituído por células neoplásicas acompanhadas de diversos outros elementos como as substâncias que compõem a matriz extracelular, células endoteliais, pericitos, fibroblastos e os vários tipos de leucócitos. Suas interações podem promover a transformação maligna ou aumentar o fenótipo tumorigênico de células neoplásicas, induzindo fenômenos importantes como a transição epitelial-mesenquimal, a disseminação e a formação de metástases. A literatura sobre câncer mostra que a vascularização e imunossupressão são duas das características mais importantes para a progressão tumoral e, consequentemente, potenciais marcadores prognósticos e alvos terapêuticos. O objetivo do presente projeto é avaliar a relação entre a angiogênese tumoral e a imunossupressão em MCTs cutâneos caninos em busca de novos marcadores prognósticos e preditivos para a doença. Serão avaliados o índice de cobertura microvascular por pericitos, as populações de macrófagos e linfócitos T intratumorais, a expressão de PD-L1 e outras proteínas diferencialmente expressas em mastocitomas de baixo e alto graus, e as vesículas extracelulares circulantes em cães com MCTs cutâneos. Os resultados serão comparados a marcadores prognósticos consolidados para a doença e à evolução clínica dos pacientes para identificação de seus valores prognósticos e potenciais para se tornarem alvos-terapêuticos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)