Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito das terapias de fotobiomodulação e antioxidante sobre eventos celulares, teciduais, moleculares e bioquímicos nas fibras musculares distróficas de camundongos mdx

Resumo

A administração de glicorticoides é atualmente o tratamento farmacológico padrão prescrito para pacientes com doença muscular de Duchenne (DMD). Devido a seus efeitos colaterais, a busca por terapias alternativas que minimizem a evolução da doença e melhorem a qualidade de vida dos pacientes distróficos faz-se necessário. Neste contexto, levantamos a hipótese que a combinação das terapias de fotobiomodulação e antioxidante podem apresentar potencial efeito benéfico sobre os eventos celulares, teciduais, moleculares e bioquímicos da fibra muscular distrófica. Sendo assim, o presente estudo tem como objetivo analisar "in vitro" e "in vivo" os efeitos da terapia combinada de LED e Idebenona sobre as fibras musculares distróficas de camundongos mdx, modelo experimental da DMD. No estudo "in vitro" será analisada a combinação da LED terapia (LEDT) no comprimento de onda de 850 nm e do antioxidante Idebenona (0,5µM) sobre as culturas primárias de células musculares de camundongos mdx. Após 48 horas do tratamento, as células musculares distróficas serão submetidas às análises bioquímicas e moleculares. Para o estudo "in vivo" serão utilizados camundongos mdx, com 14 dias de vida pós-natal, submetidos à aplicação da luz LEDT no terço médio do músculo quadríceps (3x/semana) e tratados com Idebenona (200mg/kg, diariamente) por um período de duas semanas. Após o tratamento, o músculo quadríceps será retirado e utilizado para análises morfológicas, bioquímicas e moleculares. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)