Busca avançada
Ano de início
Entree

As contribuições pioneiras de Oswaldo di Loreto à psicanálise de crianças e à psicoterapia infantil no Brasil

Processo: 21/01618-4
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Livros no Brasil
Vigência: 01 de junho de 2021 - 31 de maio de 2022
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia
Pesquisador responsável:Jorge Luís Ferreira Abrão
Beneficiário:Jorge Luís Ferreira Abrão
Instituição Sede: Faculdade de Ciências e Letras (FCL-ASSIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Assis. Assis , SP, Brasil
Assunto(s):Psicanálise da criança  Psicoterapia da criança  História da psicanálise  História  Brasil  Livros  Publicações de divulgação científica 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Brasil | História | Oswaldo Di Loreto | psicanálise de crianças | Psicoterapia Infantil | História da Psicanálise

Resumo

Oswaldo Duarte Milton Di Loreto (1929-2009) apresenta uma singular trajetória profissional destacando-se como pioneiro da psiquiatria infantil brasileira, em uma atuação que traz como signo distintivo não apenas a marca do pioneirismo, mas também a inserção, articulação e integração entre campos correlatos do pensamento científico como a psiquiatria, psicanálise e psicologia. Desta forma, o presente livro tem o objetivo de apresentar a biografia profissional de Oswaldo di Loreto, enquanto pioneiro da psiquiatria infantil no Brasil, inserindo-o nos contextos científico e cultural de sua época. São enfatizadas suas ações de maior destaque: participação na criação do Serviço de Higiene Mental e Psiquiatria Infantil do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo em 1956, idealização e implantação do Setor de Psiquiatria Infantil do Serviço de Psiquiatria do Hospital do Servidor Público Estadual em 1965, criação da Comunidade Terapêutica Enfance em 1968, além de diversas outras iniciativas destinada ao tratamento de crianças com transtornos mentais. Identifica-se dois elementos que justificam a relevância histórica do percurso profissional de Oswaldo Di Loreto, que o coloca em posição de destaque como pioneiro da psiquiatria infantil e da psicologia em São Paulo, tendo em vista a magnitude das ações que empreendeu: contribuição para o avanço do campo da psiquiatria infantil, com destaque para o desenvolvimento da psicoterapia infantil de natureza psicodinâmica, e influência propedêutica sobre novos profissionais que ajudou a formar. Foi adotada uma metodologia qualitativa de pesquisa, de caráter biográfico, inserido em um campo mais amplo de estudo, que se convencionou chamar de historiografia da psicologia. Neste sentido, foram definidas como fontes históricas para a pesquisa que resultou neste livro os depoimentos orais e a análise de documentos, por intermédio de consulta a aos trabalhos publicados por Oswaldo Di Loreto e demais registros disponíveis sobre este psiquiatra, que conjuntamente garantiram o levantamento de um número expressivo de informações acerca de seu percurso profissional. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)