Busca avançada
Ano de início
Entree

Processadora Optrônica de Bambu (POB)

Resumo

Atualmente a humanidade tem se deparado com prognósticos sombrios sobre a capacidade de suporte do Planeta Terra em sustentar uma população humana que cresce continuamente, enquanto os recursos são limitados. Entre estes recurso um dos mais essenciais são os alimentos necessários para alimentar saudavelmente bilhões de pessoas. Percebe-se que as espécies atuais utilizadas para alimentação humana estão chegando ao seu limite de produção, tanto em termos genéticos como tecnológicos. Desta feita uma alternativa para tentar mitigar este futuro cenário realístico de falta de alimentos é o uso de alimentos não paradigmáticos em larga escala, tais como o bambu, que embora os brotos sejam a milênios consumidos, o bambu na forma de brotos não consegue ser uma alternativa viável, já o amido de bambu, sim.. No entanto, alguns desafios técnicos não triviais se interpõem ao uso em larga escala do bambus para alimentação massiva de pessoas através de seu amido. Um dos principais é a falta de sistemas mecanizados adequadamente projetados para a colheita e processamento destas matérias-primas em grandes quantidades. Este projeto pretende apresentar uma alternativa tecnológica avançada e inovadora para o processamento de bambu a fim de ser obtida matéria-prima para a produção de fibras e amido. Supõe-se que com o uso extensivo e intensivo de robótica em processos e subsistemas atrelados à produção de farinha de bambu seja possível fornecer à indústria de alimentos um produto adequado em termos tecnológicos e sanitários. Uma inovação de ruptura proposta por este projeto é o uso de Laser para esterilizar os colmos, afim de possibilitar uma matéria prima para a produção de amida completamente livre de patógenos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)