Busca avançada
Ano de início
Entree

Influências antrópicas em compartimentos do ciclo hidrológico em micro-bacias da Amazônia Central: uma análise a partir do uso de múltiplos traçadores

Processo: 20/08971-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2021 - 31 de agosto de 2023
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geologia
Convênio/Acordo: FAPEAM
Pesquisador responsável:Didier Gastmans
Beneficiário:Didier Gastmans
Instituição-sede: Centro de Estudos Ambientais (CEA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Pesq. associados:Amauri Antonio Menegário ; Breno Pupin ; Carlos Daniel Meneghetti ; Laura De Simone Borma ; Lucas Vituri Santarosa ; Ricardo Sanchez Murillo
Assunto(s):Águas subterrâneas  Isótopos estáveis  Precipitação  Restauração ecológica  Hidrogeologia  Amazônia 

Resumo

Os efeitos decorrentes pelas mudanças climáticas e os processos de urbanização sobre a movimentação, armazenamento e qualidade da água em seus compartimentos continentais vem sendo observados e descritos em diversas partes do mundo, entretanto seus reflexos na Amazônia Central, onde se localiza o município de Manaus, podem ser mais intensos, devido aos processos de conversão do uso da terra e urbanização desordenados pelos quais a região vem passando. O uso sustentável dos recursos hídricos requer a compreensão dos mecanismos envolvidos na movimentação e armazenamento da água nos compartimentos do ciclo hidrológico, pois sinais de escassez hídrica e alterações de qualidade são observados, e disputas por fontes seguras de abastecimento vem ocorrendo. Dentro de um cenário ambiental complexo, como a Amazônia Central, o projeto tem como objetivo determinar as origens dos fluxos de água e alterações de qualidade relacionadas processos de urbanização, com atenção especial as relações entre as águas subterrâneas e os cursos d'água, em duas micro bacias hidrográficas: a do Igarapé Asú localizada na Reserva Biológica do Cuieiras, e a do Igarapé Educandos, localizada em área urbanizada, por meio da utilização de técnicas hidroquímicas, isotópicas e hidrológicas. Com a realização do projeto espera-se delimitar as relações de fluxo e variações sazonais nas contribuições para as descargas observadas nos cursos d'água, além de estimativas de tempos médios de trânsito das águas subterrâneas nos aquíferos, o reconhecimento das alterações promovidas pelas atividades antrópicas na qualidade e interações de fluxos, buscando o estabelecimento de bases científicas para a proposição de medidas de restauração ambiental com foco nos recursos hídricos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)