Busca avançada
Ano de início
Entree

Crises da democracia: teoria crítica e diagnóstico do tempo presente

Processo: 19/22387-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de maio de 2021 - 30 de abril de 2026
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Filosofia
Pesquisador responsável:Marcos Severino Nobre
Beneficiário:Marcos Severino Nobre
Instituição-sede: Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (CEBRAP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Adriano Márcio Januário ; Amy Rebekah Allen ; Arthur Oliveira Bueno ; Bianca Margarita Damin Tavolari ; Camila Rocha de Oliveira ; Christopher F. Zurn ; Dagmar Wilhelm ; Duarte Rolo ; Fabiola Fanti ; Felipe Gonçalves Silva ; Flávio Marques Prol ; Frederic Louault ; Georg Walter Wink ; Iagê Zendron Miola ; Ina Kerner ; Inara Luisa Marin ; Ingrid Cyfer ; Isabelle Aubert ; Joaquim Eloi Cirne de Toledo Junior ; John Abromeit ; Jonas Marcondes Sarubi de Medeiros ; Luciana Silva Reis ; Magali Bessone ; Marcio Moretto Ribeiro ; Mariana Giorgetti Valente ; Mariana Oliveira do Nascimento Teixeira ; Natália Neris da Silva Santos ; Paulo Henrique Yamawake ; Raphael Cezar da Silva Neves ; Ricardo Crissiuma ; Rúrion Soares Melo ; Sergio Costa ; William Scheuerman
Assunto(s):Filosofia social  Teoria crítica  Ideologia política  Esfera pública  Democracia  Crises 

Resumo

O objetivo deste projeto temático é investigar as crises da democracia em termos da noção de diagnóstico de tempo própria à Teoria Crítica. Isso implica as tarefas simultâneas e interligadas de investigar o patrimônio intelectual da Teoria Crítica a partir das questões colocadas pela atual crise da democracia (momento reconstrutivo) e de compreender a situação presente a partir de investigações empíricas alicerçadas sobre categorias surgidas a partir do desenvolvimento dessa tradição intelectual (momento atualizador). Para tanto, propõe uma organização em dois subprojetos, internamente vinculados: (I) reconstrução dos trabalhos clássicos dos diversos autores da Teoria Crítica em suas múltiplas dimensões (tanto teóricas como empíricas), tendo como foco a teoria política e, mais precisamente, sua compreensão da democracia, tanto na crise da República de Weimar e no nazismo que se lhe seguiu como no contexto do pós-guerra de um mundo dividido entre duas superpotências e caracterizado em alguns países por uma democracia de massas de novo tipo; (II) atualização de teses e categorias do patrimônio intelectual da Teoria Crítica em vista da compreensão da atual crise da democracia e da crise simultânea das teorias da democracia, com foco no caráter distintivo que tem a categoria de esfera pública nas contribuições teórico-críticas, bem como em sua compreensão segundo a categoria de contrapúblicos e suas dimensões econômicas, culturais e políticas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)