Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigação dos níveis de infestação e de danos causados por Raoiella indica (Acari: Tenuipalpidae) em coqueiro com o uso de sensoriamento remoto

Processo: 19/25308-4
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2021 - 31 de janeiro de 2023
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Convênio/Acordo: CONFAP - Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa
Pesquisador responsável:Pedro Takao Yamamoto
Beneficiário:Pedro Takao Yamamoto
Instituição Sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Pesquisadores associados: Geovanny Soares Pauferro Barroso ; Izabel Vieira de Souza ; Juliano de Bastos Pazini
Assunto(s):Manejo integrado de pragas  Ácaros parasitos de plantas  Pragas de plantas  Monitoramento 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:ácaro-vermelho-das-palmeiras | Manejo integrado de pragas | Monitoramento | nível de controle | Nivel de Dano Economico | Manejo Integrado de Pragas

Resumo

O ácaro-vermelho-das-palmeiras, Raoiella indica (Hirst, 1924) é originário do continente asiático, mas já colonizou o oriente médio, o norte da África, todo o Caribe, e países das Américas do Norte, Central e do Sul, incluindo o Brasil, tendo se convertido em uma das principais pragas do coqueiro (Cocos nucifera) nas Américas, e chegando a reduzir a produção em até 90%, além de causar também danos estéticos às plantas atacadas. Nas plantas adultas, as folhas atacadas se tornam amareladas e secas, com redução da fotossíntese e abortamento de flores. As plantas jovens são ainda mais sensíveis e podem morrer no campo ou ainda nos viveiros. O controle de R. indica no Brasil é prejudicado tanto pela inexistência de produtos fitossanitários registrados pelo Ministério da Agricultura, quanto por ainda não haver dados sobre os níveis populacionais, métodos de amostragem eficientes e definição de níveis de controle e de dano econômico que permitam o manejo racional da praga. Assim, o presente projeto tem como objetivos: 1) Identificar os níveis de infestação de R. indica em coqueiro em condições de semi-campo; 2) Determinar os níveis de controle e de dano econômico de R. indica em coqueiro, em condições de semi-campo e campo; e 3) Desenvolver um método de monitoramento de R. indica em coqueiro por meio de sensoriamento remoto. Experimentos de campo e semi-campo serão conduzidos em dois cenários climáticos distintos, nos estados de Alagoas e São Paulo. Ao final do período de execução do projeto, espera-se que os resultados gerados permitem a implantação do controle racional do ácaro-vermelho-das-palmeiras, baseado em amostragem e níveis de tomadas de decisão, dentro da perspectiva do manejo integrado de pragas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)