Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da viabilidade de fabricação de medidor de impedância para biosensores

Resumo

O objetivo é estudar a viabilidade de construção de um medidor de impedância portátil e de baixo custo para tornar prático o uso de biossensores no diagnóstico de doenças humanas. A tecnologia será desenvolvida usando-se um microcontrolador embarcado para realizar medidas de impedância de 10 ohms a 100 Mohms, capacitância elétrica de 100 pF a 1 uF, com amplitude da tensão de excitação senoidal de 5 a 500 mV superposta a uma tensão contínua pré-determinada no intervalo de ±0,5 V e realizar a varredura em frequência de 0,1 Hz a 100 kHz. Estas características elétricas do medidor são valores limites, as quais poderão ser particularizadas para um biossensor específico. O custo de componentes da ordem mil reais permitirão seu uso para biossensores dos tipos interdigitado, eletroquímico e de microfluídica em diagnósticos de doenças, dispositivos esses que ainda não estão disponíveis no mercado. Além disso, a tecnologia a ser desenvolvida permitirá projetar outros produtos como medidores de impedância de bancada e geradores de sinais, permitindo atingir as necessidades de uma faixa mais ampla do mercado para a análise de impedância e geração de sinais, em geral, equipamentos importados e de alto valor agregado. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)