Busca avançada
Ano de início
Entree

Múltiplos traços de promoção de crescimento de plantas em bactérias endofíticas recuperadas no estágio vegetativo de maracujá.

Resumo

As bactérias que exibem características benéficas, como aumentar a biodisponibilidade de nutrientes essenciais e modular os níveis de hormônio nas plantas, são conhecidas como bactérias promotoras do crescimento vegetal (PGP). A ocorrência desse grupo específico de bactérias no ambiente endofítico pode refletir o papel decisivo que desempenham em uma determinada condição. Este estudo teve como objetivo determinar a diversidade taxonômica de bactérias endófitas cultiváveis, isoladas na fase vegetativa de passiflora (Passiflora incarnata) e avaliar seu potencial para promover o crescimento vegetal por abordagens fenotípicas e genotípicas. O sequenciamento e a análise filogenética do gene 16S rRNA permitiram classificar 58 endófitos bacterianos em nove gêneros. Bacillus (70,7%) foi o gênero mais dominante, seguido por Pseudomonas (8,6%) e Pantoea (6,9%). Alguns isolados pertenceram a Rhodococcus e Paenibacillus, enquanto os gêneros Lysinibacillus, Microvirga, Xanthomonas e Leclercia foram representados por apenas um isolado. As cepas foram testadas quanto à fixação de nitrogênio, solubilização de fosfato, síntese de ácido indol acético e produção de sideróforo. Além disso, genes relacionados a PGP (nifH, ipdC, asb, AcPho) foram detectados por triagem baseada em PCR. A maioria dos isolados (94,8%) apresentou potencial para pelo menos uma das características de PGP testadas por ensaios bioquímicos ou triagem baseada em PCR. Nove cepas foram selecionadas com base nos resultados de ambas as abordagens e foram avaliadas para estimular a germinação e o crescimento da groselha-do-cabo (Physalis peruviana). Todos os isolados testados melhoraram a germinação in vitro, e a maioria (78%) aumentou os parâmetros de crescimento in vivo. Os resultados sugeriram que a maioria das bactérias cultiváveis que habitam P. incarnata na fase vegetativa podem ser utilizadas como probióticos em sistemas agrícolas. Além disso, sua ocorrência pode estar associada a necessidades fisiológicas específicas dessa fase do desenvolvimento. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)