Busca avançada
Ano de início
Entree

Diversificação de estruturas cromossômicas terminais em Sciarídeos

Processo: 20/14748-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Vigência: 01 de dezembro de 2020 - 31 de maio de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Animal
Pesquisador responsável:Eduardo Gorab
Beneficiário:Eduardo Gorab
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Cromossomos  Sequências repetitivas de ácido nucleico  Sciaridae  Telômero 

Resumo

Dípteros apresentam notável diversidade em estruturas cromossômica terminais, em contraste com o sistema conservado de repetições curtas regeneradas pela telomerase. Em famílias de dípteros, estas estruturas aparecem geralmente conservadas em gêneros. Com objetivo de conhecer se a distância evolutiva entre gêneros pode levar a diversificação de estruturas terminais, este trabalho explorou dois gêneros de Sciaridae, Rhynchosciara americana e Trichomegalosphys pubesces.Os métodos empregados foram entre outros: sondas e bibliotecas plasmidiais obtidas por microdissecção cromossômica, hibridação in situ, clonagem e sequenciamento. Os resultados sugerem que T. pubesces tenha sequências específicas para cada terminação cromossômica ou que existam sequências terminais comuns que não podem ser detectadas por hibridação dada sua curta extensão. Os sciarideos estudados compartilham sequências terminais que estão significamente sub-representadas em T. pubescens. Concluindo, os dados sugerem um estrutura terminal não usual em T. pubescens quando comparada aos dípteros estudados até agora e que um processo evolutivo de expansão de DNA repetitivo tenha atuado diferencialmente para estruturar as terminações cromossômicas dos dois dípteros estudados. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)