Busca avançada
Ano de início
Entree

Centro Brasileiro para o Desenvolvimento na Primeira Infância

Resumo

Esta proposta visa lançar o Centro Brasileiro para o Desenvolvimento na Primeira Infância (BCECD) que irá: i) realizar pesquisa original na área de mensuração do desenvolvimento da primeira infância (DPI); ii) desenvolver um aplicativo (app) para integrar e armazenar dados sobre o desenvolvimento infantil de diferentes fontes; iii) disseminar o aplicativo entre os trabalhadores do setor público e iv) organizar cursos e oficinas de e-learning para profissionais do setor público, estudantes (do ensino médio ao doutorado) e pais sobre o papel crucial do DPI nos resultados posteriores da vida. O componente de pesquisa enfocará diferentes formas de mensuração de DPI para aumentar a eficácia dos programas de visitas domiciliares e a avaliação de intervenções destinadas a melhorar as habilidades dos pais para promover o cuidado integral. Começaremos com um piloto em um município nos primeiros três anos, onde combinaremos os instrumentos existentes, como os da Caderneta de Saúde da Criança (CSC), com dados administrativos de saúde e educação. A plataforma de dados com informações de nível individual dessas diferentes fontes estará acessível a todos os gestores do setor público que implementam os programas de visitas domiciliares no Brasil, para ajudar a aumentar o impacto e melhorar o desenvolvimento infantil em escala, com foco na promoção da equidade.O BCECD seguirá uma nova coorte de crianças nascidas no município usando o novo número de identificação nacional oficial (o número do Cadastro de Pessoas Físicas - CPF) para avaliar os efeitos do monitoramento do desenvolvimento dessas crianças, ao mesmo tempo em que capacita os profissionais de saúde a acessar esses dados individuais sobre saúde e os indicadores de educação. O impacto dessas ações sobre o desenvolvimento infantil será avaliado usando uma metodologia de diferença em diferenças com controle sintético, comparando as diferenças nos resultados de saúde e educação entre coortes nascidas antes e depois da intervenção no município, com as mesmas diferenças no grupo de controle sintético formado por outros municípios. O BCECD também irá coletar medidas biológicas, tais como padrões de sono, redes neurais funcionais, escores de risco poligênico e marcadores epigenéticos, como o relógio de aceleração de idade, para examinar sua correlação com as medidas da CSC e sua evolução ao longo do ciclo de vida. Após a intervenção principal, também implementaremos intervenções específicas e complementares para melhorar as habilidades de pais e profissionais de diferentes setores que estão próximos das famílias durante esses períodos sensíveis do desenvolvimento do cérebro (desde o pré-natal até os 6 anos de idade). Em especial, nós realizaremos intervenções com os Agentes Comunitários de Saúde e avaliaremos o impacto seus impactos nas medidas de DPI usando ensaios clínicos randomizados. Nós também avaliaremos a qualidade das creches e do ambiente nas vias públicas perto das creches e examinaremos seu impacto no desenvolvimento infantil. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)