Busca avançada
Ano de início
Entree

Monitoramento temporal da contaminação de óleo relacionado à geodiversidade litorânea no município do Cabo de Santo Agostinho, PE

Processo: 20/03847-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2020 - 30 de novembro de 2022
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Civil - Geotécnica
Pesquisador responsável:Heraldo Luiz Giacheti
Beneficiário:Heraldo Luiz Giacheti
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia (FE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru , SP, Brasil
Pesq. associados:Edmundo Rogério Esquivel ; José Antonio Barbosa ; Roberto Quental Coutinho
Assunto(s):Contaminação  Geodiversidade  Monitoramento  Óleos  Geotecnia ambiental 

Resumo

Durante os meses de agosto a novembro de 2019, a região costeira de todos os noves estados do Nordeste, foi o cenário do que já é classificado como o maior desastre ambiental do litoral brasileiro. Cinco meses depois do surgimento das primeiras manchas de óleo, diferentes órgãos do governo federal ainda tentam esclarecer qual foi a origem do desastre ambiental que atingiu praias de nove estados do Nordeste e dois no Sudeste (Espírito Santo e Rio de Janeiro). Tanto as investigações da Marinha e quanto os esforços da Polícia Federal ainda não chegaram a uma conclusão. Neste projeto de pesquisa pretende-se aplicar técnicas de observação, coleta e análise de material de forma sistemática/temporal o monitoramento temporal da contaminação baseado no que foi realizado para o caso de acidentes similares, como do Exxon Valdez, e definir diferenças e similaridades no padrão de resiliência do contaminante, em relação as diferentes geodiversidades dos locais afetados, como na costa do Alaska. O objetivo desta pesquisa é monitorar temporalmente a contaminação do óleo no litoral do município do Cabo de Santo Agostinho, com relação ao controle e resposta exercida pela geodiversidade local no processo de permanência do contaminante. Para isso, serão realizadas a caracterização dos tipos litológicos na linha de costa do litoral do Cabo de Santo Agostinho - PE, que foram impactadas pelo derrame, através de mapeamento de superfície e subsuperfície na região proposta (praias arenosas, costões rochosos, superfícies duras como corais e arenitos de praia (beachrocks); avaliação do efeito da contaminação por meio de análise de características macroscópicas (fraturas; juntas colunares; falhas; vesículas; estruturas de erosão diferencial, etc.) e microscópicas dos tipos litológicos contaminados na área de estudo. Esta pesquisa também permitirá desenvolver e avaliar tecnologias de caracterização geoambiental de alta resolução adaptadas para realidade brasileira, a fim de identificar no próprio campo a presença de contaminante de petróleo nos sedimentos. Deste modo, a pesquisa pretende contribuir para a melhora das investigações de áreas contaminadas, em especial para o caso do município do Cabo de Santo Agostinho, que representam o fator crítico e limitante para que as remediações sejam eficientes e eficazes. Além disso, também é um objetivo desta pesquisa contribuir para a elaboração de conjunto de mapas que mostrem a ocorrência relativa da contaminação, de acordo com a diversidade geológica da região, e o efeito temporal da contaminação capturado pelo monitoramento. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)