Busca avançada
Ano de início
Entree

Morfometria geométrica das asas como ferramenta para a identificação de mosquitos Culex do subgênero Culex (Diptera: Culicidae)

Resumo

Culex é o maior subgênero do gênero Culex que inclui importantes vetores de doenças. A identificação correta dos mosquitos é fundamental para estratégias de controle eficazes. A morfometria geométrica das asas (WGM) tem sido usada para identificar espécies de mosquitos ao lado de métodos tradicionais de identificação. Aqui, o WGM foi usado para onze espécies de Culex de São Paulo, Brasil, e uma de Esquel, Argentina. Mosquitos adultos foram coletados usando armadilhas CDC, morfologicamente identificados e analisados por WGM. A análise de variável canônica (CVA) foi realizada e uma árvore de Neighbor-joining (NJ) foi construída para ilustrar os padrões de segregação de espécies. Um teste de reclassificação com validação cruzada também foi realizado. De 110 comparações no teste de reclassificação com validação cruzada, 87 produziram valores superiores a 70%, com 13 comparações gerando pontuações de reclassificação de 100%. Culex quinquefasciatus apresentou os maiores escores de reclassificação entre as espécies analisadas, corroborando com os resultados obtidos pelo CVA, no qual Cx. quinquefasciatus foi a espécie mais distinta. Os altos valores obtidos no teste de reclassificação com validação cruzada e na análise de NJ, bem como a segregação observada no CVA possibilitaram distinguir entre as espécies de Culex com alto grau de confiança, sugerindo que WGM é uma ferramenta confiável para identificar espécies de Culex do subgênero Culex. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)