Busca avançada
Ano de início
Entree

Universidades seletivas promovem a mobilidade social?

Resumo

O objetivo deste projeto é investigar o impacto do ensino superior público seletivo nos resultados acadêmicos e laborais dos formandos, utilizando dados administrativos da Unicamp (Comvest e Diretoria Acadêmica) e da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS, Secretaria do Trabalho, Ministério da Economia). Planejamos também recorrer a dados obtidos por meio de entrevistas para avaliar o efeito dos programas de ação afirmativa, como o Paais e ProFIS, sobre a composição e resultados escolares e laborais dos estudantes. Para atingir esses objetivos, este projeto propõe a construção de uma base de dados centralizada unindo os dados da Unicamp de 2000 a 2019 aos dados da RAIS de 2002 a 2017. A metodologia dos estudos quantitativos será baseada em métodos estatísticos e econométricos, como modelos de diferenças em diferenças e de regressão descontínua. Nos estudos qualitativos, os dados produzidos por meio de entrevistas serão analisados com base em métodos convencionais da pesquisa qualitativa, principalmente por meio da busca pela identificação de relações e correlações recorrentes que possam ser interpretadas como padrões. A hipótese central do projeto é que o acesso ao ensino superior seletivo aumenta os rendimentos dos indivíduos e esse incremento beneficia principalmente estudantes de nível socioeconômico menos favorecido. Portanto, espera-se encontrar um impacto positivo do acesso ao ensino superior e das políticas de inclusão como Paais e ProFIS. Os resultados deste projeto permitirão confirmar ou não essa hipótese, assim como estabelecer as magnitudes destes efeitos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)