Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do tratamento da Osteoartrite experimental com ácido hialurônico e triancinolona em equinos submetidos ao exercício em esteira

Processo: 20/01267-4
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2020 - 31 de agosto de 2022
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Luis Cláudio Lopes Correia da Silva
Beneficiário:Luis Cláudio Lopes Correia da Silva
Instituição Sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesquisadores associados:Ana Lucia Miluzzi Yamada ; Joice Fülber Micheletto ; Raquel Yvonne Arantes Baccarin ; Tiago Marcelo Oliveira
Assunto(s):Ortopedia e traumatologia veterinária  Equinos  Cavalos  Doenças das articulações em animal  Terapia intra-articular  Teste de esforço  Corticosteroides  Osteoartrite  Ácido hialurônico  Triancinolona 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:articulação | cavalo atleta | corticosteróides | doença articular degenerativa | esteira de alta velocidade | terapia intra-articular | Ortopedia dos equinos

Resumo

A Osteoartrite é uma doença que acomete com frequência cavalos atletas, causando dor, queda de desempenho e consequentemente exclusão de competições, com grandes prejuízos econômicos. Diversos tipos de tratamentos podem ser empregados, divididos entre conservadores e cirúrgicos. Embora nenhum protocolo terapêutico se mostre completamente eficaz para a resolução da Osteoartrite, a intervenção farmacológica intra-articular é uma das mais requeridas. Essa modalidade terapêutica justifica-se na constante necessidade de uma resposta rápida frente à claudicação e queda de desempenho desses equinos. Assim, a injeção intra-articular com corticosteroides é amplamente utilizada, porém suscita controvérsias. Este composto é capaz de suprimir eventos inflamatórios, reduzindo a dor e a manifestação clínica da Osteoartrite. Contudo, a combinação de infiltrações com corticosteroides e exercícios físicos regulares pode levar a alterações condrais irreversíveis em médio e longo prazo. De forma semelhante, o ácido hialurônico tem sido bastante empregado no controle da dor em pacientes osteoartríticos, sendo capaz de reduzir a efusão sinovial e a sinovite por meio da viscosuplementação. A associação do ácido hialurônico e triancinolona acetonida é efetiva no controle dos sinais de inflamação e da dor na Osteoartrite, permitindo que o cavalo retorne rapidamente às suas atividades atléticas, sendo, então observado, o seu uso indiscriminado por médicos veterinários. Por outro lado, a utilização desse tipo de tratamento pode determinar uma expressiva progressão dos processos degenerativos. Sendo assim, este estudo foi idealizado visando avaliar o tratamento com ácido hialurônico, associado ou não à triancinolona sobre a modulação/progressão da Osteoartrite metacarpofalangeana induzida cirurgicamente em cavalos que serão exercitados em esteira de alta velocidade. Ainda, se tem o propósito de estudar eventuais efeitos catabólicos da administração intra-articular de triancinolona em articulações metacarpofalangeanas saudáveis de equinos submetidos ao exercício em esteira de alta velocidade. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)