Busca avançada
Ano de início
Entree

Avançando no entendimento da patogenicidade e virulência da Leptospira interrogans através de análises proteômicas, estruturais, mutagênicas e imunológicas

Processo: 19/17488-2
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de dezembro de 2020 - 30 de novembro de 2025
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Ana Lucia Tabet Oller do Nascimento
Beneficiário:Ana Lucia Tabet Oller do Nascimento
Instituição Sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Pesquisadores principais:
Daniel Carvalho Pimenta
Pesquisadores associados:Alexandre Paulo Yague Lopes ; Aline Rodrigues Florêncio Teixeira ; Eliete Caló Romero ; Giovana Cappio Barazzone ; Gisele Oliveira de Souza ; Jademilson Celestino dos Santos ; Luis Guilherme Virgílio Fernandes ; Marcos Bryan Heinemann ; Mônica Larucci Vieira ; Silvio Arruda Vasconcellos
Auxílios(s) vinculado(s):23/10870-4 - 58º Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical (MEDTROP 2023), AR.BR
Bolsa(s) vinculada(s):23/08486-1 - "Caracterização estrutural, funcional e imunogênica de duas proteínas de Leptospira interrogans contendo domínios FecR", BP.MS
22/16481-7 - Obtenção de mutantes de proteínas Leucine Rich Repeats (LRR) em Leptospira interrogans e avaliação fenotípica das interações patógeno-hospedeiro, BP.DD
22/12101-5 - Expressão da proteína multifuncional Lsa23 (LIC11360) de Leptospira interrogans na cepa saprofítica L. biflexa e validação de ganho de função, BP.PD
+ mais bolsas vinculadas 22/08985-5 - Avaliação do papel de duas proteínas de Leptospira interrogans na patogencidade e na atividade de imunoproteção em modelo animal, BP.DD
17/06731-8 - Aplicação de CRISPR-interferência na elucidação da patogênese da leptospirose e desenvolvimento de novas estratégias para obtenção de mutantes knockout, BP.PD
16/11541-0 - Avaliação do potencial vacinal de frações antigênicas obtidas em Leptospira interrogans serovar Copenhageni utilizando hamster como modelo animal, BP.PD - menos bolsas vinculadas
Assunto(s):Bioquímica  Análise estrutural  Proteômica  Mutagênese  Virulência  Leptospirose  Leptospira 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Analise Estrutural | Leptospira | leptospirose | Mutagênese | Proteomics | Bioquimica

Resumo

A leptospirose é uma zoonose distribuída em praticamente todos os continentes, com um índice altamente prevalente nas regiões tropicais e subtropicais. Causada pela bactéria patogênica do gênero Leptospira, a leptospirose em humanos em países desenvolvidos tem uma baixa incidência e está em sua maioria ligada com atividades ocupacionais ou recreativas associadas com água. Já nos países em desenvolvimento, estima-se que a cada ano mais de 1 milhão de casos de leptospirose sejam reportados em humanos com aproximadamente 60 mil mortes anuais. Em todos os países, a leptospirose causa grande impacto econômico na agroindústria, uma vez que a doença pode afetar o gado, causando diminuição na produção de leite, problemas no desenvolvimento e morte precoce. Nas áreas urbanas, os roedores como Rattus norvegicus são os principais reservatórios da leptospirose. Os ratos são carreadores assintomáticos das doença, excretando as bactérias vivas durante a sua existência, contaminando água e solo. No Brasil, as epidemias mais frequentes ocorrem no período de chuvas, época em que os alagamentos constantes associados às condições precárias de saneamento favorecem o contato com ambiente e água contaminada. Os sintomas associados à doença podem incluir febre, calafrios, dores de cabeça e mialgia, podendo evoluir para formas mais severas, por exemplo, síndrome de Weil e a síndrome hemorrágica pulmonar severa (SPHS - Severe Pulmonary Hemorrhagic Syndrome) que são responsáveis por cerca de 10% a 50% dos casos de mortalidade por leptospirose em adultos. Ainda não existe um eficiente método diagnóstico precoce, por isso o desenvolvimento de uma vacina é extremamente importante. Medidas para controlar a propagação da doença são difíceis de implementar e a melhor opção é a adoção de medidas profiláticas. O entendimento dos mecanismos de patogenicidade das leptospiras, bem como a identificação de fatores de virulência, são fundamentais para bloquear a ação deste patógeno. Nesse sentido, o presente projeto propõe utilizar diferentes ferramentas metodológicas e avançar no entendimento desta bactéria em diferentes aspectos: análises proteômicas comparativas, bioquímica estrutural das proteinas recombinantes, mutantes knock-in de cepas saprófitas e silenciamento de genes em cepas patogênicas por CRISPR Cas9, processo de purificação de proteinas recombinants em escala de 10 litros para o desenvolvimento de kit diagnóstico, e avaliar o envolvimento das proteínas recombinantes de leptospiras, LipL41, LipL21, Lip46 e OmpL37 como receptores de células endoteliais e epiteliais in vitro. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas (8)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
TAKAHASHI, MARIA BEATRIZ; TEIXEIRA, ALINE FLORENCIO; NASCIMENTO, ANA LUCIA TABET OLLER. Overcoming problems to produce the recombinant protein LipL21 of Leptospira interrogans. BIOTECHNIQUES, v. N/A, p. 6-pg., . (14/50981-0, 19/17488-2, 17/26223-7, 16/11541-0)
TAKAHASHI, M. B.; TEIXEIRA, A. F.; ALTO, NASCIMENTO. The leptospiral LipL21 and LipL41 proteins exhibit a broad spectrum of interactions with host cell components. VIRULENCE, v. 12, n. 1, p. 2798-2813, . (17/26223-7, 19/17488-2, 17/00236-5)
CAVENAGUE, MARIA F. F.; TEIXEIRA, ALINE F. F.; FERNANDES, LUIS G. V.; NASCIMENTO, ANA L. T. O.. LIC12254 Is a Leptospiral Protein That Interacts with Integrins via the RGD Motif. TROPICAL MEDICINE AND INFECTIOUS DISEASE, v. 8, n. 5, p. 15-pg., . (18/08131-0, 19/17488-2, 16/11541-0, 17/06731-8)
PASSALIA, FELIPE JOSE; HEINEMANN, MARCOS BRYAN; VIEIRA, MONICA LARUCCI; NASCIMENTO, ANA LUCIA T. O.. A Novel Leptospira interrogans Protein LIC13086 Inhibits Fibrin Clot Formation and Interacts With Host Components. FRONTIERS IN CELLULAR AND INFECTION MICROBIOLOGY, v. 11, . (17/01102-2, 18/07054-2, 17/00236-5, 14/50981-0, 19/17488-2)
FERNANDES, LUIS G. V.; PUTZ, ELLIE J.; STASKO, JUDITH; LIPPOLIS, JOHN D.; NASCIMENTO, ANA L. T. O.; NALLY, JARLATH E.. valuation of LipL32 and LigA/LigB Knockdown Mutants in Leptospira interrogans Serovar Copenhageni: Impacts to Proteome and Virulenc. FRONTIERS IN MICROBIOLOGY, v. 12, . (17/06731-8, 19/20302-8, 19/17488-2)
FERNANDES, LUIS G., V; AVELAR, KATIA E. S.; ROMERO, ELIETE C.; HEINEMANN, MARCOS B.; KIRCHGATTER, KARIN; NASCIMENTO, ANA L. T. O.. A New Recombinant Multiepitope Chimeric Protein of Leptospira interrogans Is a Promising Marker for the Serodiagnosis of Leptospirosis. TROPICAL MEDICINE AND INFECTIOUS DISEASE, v. 7, n. 11, p. 14-pg., . (17/06731-8, 19/17488-2)
DAROZ, BRENDA B.; FERNANDES, LUIS G. V.; CAVENAGUE, MARIA F.; KOCHI, LEANDRO T.; PASSALIA, FELIPE J.; TAKAHASHI, MARIA B.; NASCIMENTO FILHO, EDSON G.; TEIXEIRA, ALINE F.; NASCIMENTO, ANA L. T. O.. A Review on Host-Leptospira Interactions: What We Know and Future Expectations. FRONTIERS IN CELLULAR AND INFECTION MICROBIOLOGY, v. 11, p. 13-pg., . (18/06201-1, 18/08131-0, 17/01102-2, 17/26223-7, 16/11541-0, 18/09652-4, 18/21959-8, 19/17488-2, 17/06731-8)
SANTOS, JADEMILSON C.; HANDA, SUMIT; FERNANDES, LUIS G. V.; BLEICHER, LUCAS; GANDIN, CESAR A.; DE OLIVEIRA-NETO, MARIO; GHOSH, PARTHO; NASCIMENTO, ANA LUCIA T. O.. Structural and biochemical characterization of Leptospira interrogans Lsa45 reveals a penicillin-binding protein with esterase activity. Process Biochemistry, v. 125, p. 13-pg., . (14/50981-0, 17/25167-6, 18/20321-0, 19/17488-2, 17/06731-8)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.