Busca avançada
Ano de início
Entree

Formação docente e narrativa cinematográfica: contribuições estéticas e epistemológicas dos filmes de Eduardo Coutinho para o ensino de História no ensino fundamental I (anos iniciais)

Resumo

Pretende-se promover investigação científica cujo principal objetivo é o de refletir sobre apropriação dos pressupostos estéticos e epistemológicos contidos em filmes do cineasta brasileiro Eduardo Coutinho para a elaboração de processo formativo destinado à professores que lecionam História no Ensino Fundamental I (Anos Iniciais). Pressupostos estéticos e epistemológicos é expressão que envolve contribuições que vão de Jacques Rancière, passando por Walter Benjamin, Michel De Certeau e Paulo Freire, o que significa pensar no conhecimento a contar da partilha do sensível, mediante preocupações com o narrador e a narrativa, a atenção para com os anônimos, suas estratégias e táticas, bem como o reconhecimento de que a formação do educador deve ser feita também à partir de ética e estética. Trata-se de pesquisa cuja abordagem é qualitativa, de natureza aplicada e que concilia exploração, descrição e explicação, tendo como base estudo de caso, perspectiva translacional, emprego de grupo focal, expedientes da arts-based research e da Análise Textual Discursiva. Tal exercício reflexivo apresenta fundamentação teórica nos campos: Ensino de História; Linguagem Cinematográfica; Ensino e Cinema; Filmografia de Eduardo Coutinho; Mídia e Tecnologia da Informação e Comunicação; Formação de Professores; e Contemporaneidade. Tais procedimentos teóricos metodológicos serão desenvolvidos por meio de quatro etapas: 1)Análise dos filmes selecionados, aplicação do questionário "Perfil social/etário/profissional", elaboração de práticas educativas e preparação do processo formativo; 2)Vivência do processo formativo envolvendo professores em formação inicial e início da organização de expedientes translacionais acerca do processo formativo desenvolvido (aplicação de questionários "Registro dos conhecimentos prévios" e "Experiência envolvendo processo formativo"); 3)Aprofundamento dos expedientes translacionais (realização das entrevistas filmogravadas com grupo focal) e análise das respostas dos questionários e das entrevistas filmogravadas; e 4)Finalização da proposta de processo formativo, seguida de partilha dele com as Pró-Reitorias de Graduação e de Pós-Graduação da UNESP (PROGRad e PROPG/UNESP) e a Secretária Municipal de Ensino de São José do Rio Preto (SME/ São José do Rio Preto). As quatro etapas mencionadas dotam a pesquisa de outra característica: ela se ampara num recorte transversal e longitudinal. Como resultado, a previsão é a de produzir conhecimentos científicos que visem fomentar a inovação didático-pedagógica voltada para a formação inicial e continuada de professores preocupados com o ensino de História no Ensino Fundamental I (Anos Iniciais). (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)