Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de placa metrológica para aquisição de dados de pesagem em movimento

Processo: 19/15978-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de abril de 2020 - 31 de dezembro de 2020
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Elétrica - Medidas Elétricas, Magnéticas e Eletrônicas, Instrumentação
Pesquisador responsável:André Luiz Gonçalves Loureiro de Souza
Beneficiário:André Luiz Gonçalves Loureiro de Souza
Empresa:WS Equipamentos Eletrônicos Ltda. - ME
CNAE: Atividades técnicas relacionadas à arquitetura e engenharia
Município: Santa Bárbara D'Oeste
Assunto(s):Sistemas de transportes  Sistemas inteligentes de transportes  Sistema de aquisição de dados  Processamento de sinais  Rodovias  Veículos de carga 

Resumo

O sistema de transporte no Brasil é predominantemente baseado na modalidade rodoviária que tem o escoamento de carga por caminhões como seu principal vetor. A necessidade de modernização das rodovias é urgente e deve seguir em paralelo às discussões para adoção de um sistema de transporte mais distribuído com outras modalidades. Neste sentido, rodovias inteligentes são o próximo passo para que se corrijam problemas encontrados nas principais rodovias do mundo, e já são uma realidade em muitos países desenvolvidos. Os Sistemas de Transporte Inteligentes ou ITS (Intelligent Transport Systems) como são conhecidos, implementam um conjunto de ações para tratar o tráfego de veículo de modo mais eficiente dentro de uma rodovia. De modo geral, esses serviços usam informações e comunicação avançada para aperfeiçoamento da segurança e da mobilidade. As possibilidades de empregar esses sistemas, visando a melhora da infraestrutura de rodovias, tem tido mais espaço nas discussões de novos projetos rodoviários no Brasil. Vale ressaltar que veículos sobrecarregados são perigosos para os usuários do sistema rodoviário e também responsáveis pela maior parte das complicações e danos causados em estradas e pontes. Para sanar este problema e facilitar a fiscalização, o sistema de pesagem em movimento em alta velocidade, ou simplesmente HS-WIM como são conhecidos (acrônimo da sigla inglesa High Speed - Weigh In Motion), tem como objetivo evitar o excesso de veículos que eventualmente seriam direcionados para a pesagem em balanças convencionais de fiscalização. Esse sistema é capaz de determinar o peso dos eixos rodantes sem que a velocidade operacional do veículo na rodovia seja interrompida, realizando uma triagem prévia para detectar possíveis irregularidades e direcionando penas os veículos identificados com inconformidades para uma verificação mais rigorosa em local apropriado. A utilização de sistemas HS-WIN empregados na Europa, Estados Unidos e Japão não foi, até o momento, uma experiência bem sucedida no Brasil, devido principalmente às características do clima e da infraestrutura das estradas. Dessa forma é necessário o desenvolvimento de um sistema de aquisição de dados, condicionamento e processamento dos sinais, dedicado às características das rodovias brasileiras, permitindo que o país possa usufruir desse tipo de tecnologia. Sendo assim, tem-se como objetivo principal deste projeto o desenvolvimento de um módulo eletrônico (placa metrológica) que permita implementar um sistema de aquisição de dados para pesagem em movimento em alta velocidade de veículos de carga. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)