Busca avançada
Ano de início
Entree

Inovação social através de arte e design participativos com jovens nas margens: soluções para engajar e empoderar jovens com espelhamento transatlântico

Processo: 19/02481-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2020 - 30 de abril de 2022
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Desenho Industrial
Convênio/Acordo: Trans-Atlantic Platform for the Social Sciences and Humanities
Pesquisador responsável:Maria Cecilia Loschiavo dos Santos
Beneficiário:Maria Cecilia Loschiavo dos Santos
Pesq. responsável no exterior: Anne Marchand
Instituição no exterior: Université de Montréal, Canadá
Pesq. responsável no exterior: Paul Wilson
Instituição no exterior: University of Leeds, Inglaterra
Pesq. responsável no exterior: Satu Anneli Miettinen
Instituição no exterior: University of Lapland, Finlândia
Instituição-sede: Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Monica Cristina de Moura ; Rosana Aparecida Vasques
Assunto(s):Inovação social  Pesquisa educacional baseada em arte  Design participativo  Marginalidade social  Adultos  Jovens 

Resumo

Este projeto de pesquisa busca responder ao desafio social da crescente marginalização de jovens e jovens adultos. O projeto centra-se em casos em ambos os lados do Atlântico: jovens adultos sem-teto ou em situação de rua e refugiados no Brasil e, jovens refugiados ou imigrantes marginalizados e em situação social e econômica desfavorecidas na Finlândia. O problema é grave no hemisfério sul e sério no hemisfério norte. Um relatório da Organização Internacional do Trabalho - OIT (2015) afirma que 621 milhões de jovens entre 15 e 24 anos estão sem educação, emprego e qualificação. As questões de pesquisa desse projeto abordam as maneiras e os caminhos de geração e desenvolvimento de novos conhecimentos e inovações sociais que visam melhorar o bem-estar e a qualidade de vida dos jovens e jovens adultos por meio da pesquisa baseada em artes e na inter-relação entre a arte e o design participativos. Nosso consórcio transatlântico (Brasil, Canadá, Reino Unido e Finlândia) produzirá soluções inovadoras por meio da colaboração transdisciplinar entre as áreas de ciências sociais aplicadas, artes e humanidades. Através de uma abordagem holística aprofundada, introduziremos um método inovador de Espelhamento Transatlântico (T-AM) que será útil para o desenvolvimento humano e uma ferramenta importante para o desenvolvimento de autoconsciência com as comunidades situadas às margens sociais, econômicas e geográficas. O espelhamento possibilita a reflexão e análise simultâneas da atividade, assertividade, exibição de emoções e racionalidade de dois estudos de caso em ambos os lados do Atlântico. Além disso, ajuda a implementar inovações emergentes em três continentes e a fortalecer as ações de jovens, especialmente meninas, que vivem sob um risco maior de desemprego. O consórcio tem um histórico na utilização de pesquisa baseada em artes (ABR) como uma abordagem de pesquisa abrangente que gera inovação social com jovens e jovens adultos. Esta estratégia de pesquisa propicia novos caminhos para engajar e empoderar os jovens. Orientada com um forte compromisso ético para com as comunidades participantes, a pesquisa baseada nas artes e no design participativo possibilita resultados inovadores e aumenta a aplicação prática, a escalabilidade e o impacto do projeto. A OIT prevê que os jovens enfrentem um risco crescente de marginalização global: espera-se que o desemprego triplicará entre as próximas gerações. Este projeto desenvolve novas estratégias, metodologias e políticas para abordar, enfrentar e buscar as possibilidades de soluções para este desafio. (AU)

Matéria(s) publicada(s) no Pesquisa para Inovação FAPESP sobre o auxílio:
Mirroring Communities through Art and Design 
Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)