Busca avançada
Ano de início
Entree

Linguística de Corpus e pesquisa em educação para o desenvolvimento: construindo a capacidade de pesquisadores em um cenário internacional

Resumo

O Brasil e o Reino Unido têm tentado sanar os déficits de desenvolvimento de habilidades linguísticas e quantitativas (e.g. Idiomas sem Fronteiras). Ações para combater esses déficits devem ser realizadas para garantir o desenvolvimento econômico/social dos dois países. Somente os cidadãos com habilidades linguísticas e quantitativas podem se engajar nos debates atuais já que a maior parte dos argumentos se baseia em análises quantitativas de grandes coleções textuais. O workshop integra a linguística de corpus (LC) e a educação de forma a reduzir os déficits linguísticos/quantitativos. Reconhecendo que o uso da linguagem é probabilístico (i.e., as palavras não são usadas aleatoriamente), a LC permite a identificação de padrões de linguagem (e.g. sequências de palavras) com base em análises estatísticas de grandes coleções textuais. Quando aplicada à educação, a LC segue os princípios da educação democrática: com os corpora de acesso livre, é possível conduzir investigações quantitativas de quaisquer línguas e encarregar-se de seu aprendizado. Esse workshop de 5 dias beneficiará 30 jovens doutores, avançando seus conhecimentos sobre pesquisa/ensino de LC; incentivando seu engajamento acadêmico com publicações e propostas de financiamento; e estabelecendo relações de pesquisa internacionais. O workshop terá um impacto sobre outras partes interessadas como alunos/professores de línguas. Seu foco educacional levará a um efeito cascata: os jovens doutores atuarão como multiplicadores em seus contextos locais, compartilhando seus conhecimentos e incorporando a LC em suas práticas de ensino/pesquisa/supervisão. Isso garantirá o impacto do workshop a longo prazo. Ambos os coordenadores têm uma longa trajetória de apoio a jovens pesquisadores. Por exemplo, um deles recebeu um prêmio da Academia Britânica para promover o desenvolvimento de habilidades linguísticas/quantitativas no Reino Unido, e a outra tem conseguido financiamento da FAPESP para seus orientandos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)