Busca avançada
Ano de início
Entree

EMU concedido no processo 2013/07559-3: equipamento para PCR digital

Resumo

As questões centrais do nosso CEPID referem-se à investigação biológica dos mecanismos básicos que levam à epilepsia e ao derrame cerebral, assim como dos mecanismos de lesão e progressão associados a essas doenças, e estão relacionadas à prevenção, tratamento e reabilitação. Nossos objetivos são desenvolver novos métodos e técnicas para melhorar a compreensão dos mecanismos de plasticidade, danos e reparação em epilepsia e derrame cerebral, e de aplicar esses resultados para melhorar a prevenção, diagnóstico e tratamento. A principal motivação deste projeto surgiu da necessidade de abordar esses problemas biológicos relevantes e complexos, combinando a experiência de grupos de pesquisa com backgrounds distintos e complementares. Um dos múltiplos aspectos que revela a complexidade característica associada à pesquisa sobre epilepsia e derrames é o fato de que tais condições não são exclusivamente definidos, ou seja, não podem ser relacionadas a uma única doença ou síndrome. Esta multiplicidade de fatores biológicos relacionados à etiologia, sintomatologia, prevenção e tratamento da epilepsia e derrames indica a necessidade de investigação colaborativa, envolvendo diferentes áreas de expertise. Além disso, esta iniciativa prevê a criação de um novo ambiente para o desenvolvimento cientifico e tecnológico, novas aplicações clínicas, educação e interação com o setor empresarial. Nossa proposta será conduzida não só por avanços tecnológicos, mas por hipóteses sólidas e relevantes. A pesquisa para o desenvolvimento de novas tecnologias será impulsionada por fundamentos científicos e necessidades sociais claramente estabelecidos, a fim de fornecer aplicações relevantes para o mundo real. O nível de excelência dessa proposta é compatível com o fato de ser clinicamente importante, realista e altamente original do ponto de vista cientifico, combinando genética, neurobiologia, farmacologia, neuroimagem, ciências da computação, robótica, física e engenharia. Os resultados irão beneficiar pacientes com epilepsia, acidente vascular cerebral e outras doenças prevalentes, e contribuir substancialmente para discussões cientificas em curso dentro de neurologia, psiquiatria e neurociência cognitiva. As colaborações, descritas no projeto, entre o CEPID aqui proposto e outros grandes centros de neurociência irão permitir acelerar o avanço de conhecimento diretamente relevante para todas as pessoas que sofrem de condições neurológicas altamente incapacitantes. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)