Busca avançada
Ano de início
Entree

Pensando a arte pela relação de causalidade: um estudo da Poética de Aristóteles

Resumo

A Poética foi com frequência vista como externa ao corpus Aristotelicum. Muitos comentadores questionaram seu valor filosófico e se perguntaram como a poesia poderia enquadrar-se na concepção aristotélica de uma vida humana realmente bem vivida. Pretendo defender duas teses principais. Primeiramente, sustento que a análise de Aristóteles na Poética é claramente filosófica, se, por filosofia, entendermos, como o faz Aristóteles, a investigação sobre as causas que explicam por que tal e tal coisa ou tal e tal ser opera do modo como o faz. Em segundo lugar, quero mostrar que a Poética se dirige àqueles que querem entender como a poesia funciona, a saber, os cidadãos de Atenas que vão ao teatro e querem apreciar com clareza o que assistem (ou leem). Ir ao teatro faz com que se experimente duas reações tipicamente humanas: as emoções de medo e piedade, e o riso. Visto que estas duas reações são naturais, e naturalmente agradáveis, pode-se pensar que Aristóteles as considerou (ainda que não o diga explicitamente) que são ambas partes constitutivas da eudaimonia, a vida feliz humana. (Explicação similar é dada à música na Política VIII, em que a música é tomada como uma atividade de lazer que demarca o bem viver). Uma consequência é que, contrariamente ao que diz a maioria dos comentadores (mas sem evidência textual), Aristóteles retém que a comédia tem tanto valor quanto uma comédia; reconstruo o que Aristóteles deve ter dito no segundo livro, perdido, de sua Poética a partir do que diz sobre o humor na Retórica (sobretudo no livro III). Um corolário disso é a importância de que se reveste o humor na obra de Aristóteles. Humor, aliás, é um importante instrumento na filosofia grega, especialmente em Aristóteles, em quem atua de forma protréptica: o humor faz com que você ou concorde com Aristóteles quando este rejeita uma teoria por estar errada, ou coloca em questão suas próprias opiniões sobre um assunto determinado. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)