Busca avançada
Ano de início
Entree

A manufatura avançada e as transformações no mundo do trabalho: fundamentos, expectativas e embates

Resumo

A reestruturação produtiva do final do século XX, com expansão da empresa enxuta (lean production) e da forma de acumulação flexível, se intensificou neste início de milênio e trouxe consigo novas transformações, expectativas e embates para o mundo do trabalho. As inovações tecnológicas aplicadas à produção ganham nova magnitude com o avanço das tecnologias de informação e comunicação (TICs) e com a possibilidade de conexão, integração e interação de sistemas cyber-físicos com sensores e inteligência artificial que orientam a atuação da maquinaria. Denominada de Quarta Revolução Industrial, as potencialidades das novas tecnologias que a define alimentam a pretensão de industriais, empreendedores e pesquisadores da inovação tecnológica de materializar a fábrica automática. Este anseio vem se difundindo amplamente a partir da definição do conceito Indústria 4.0 em 2011. Uma transformação desta magnitude no sistema produtivo implica em mudanças profundas na forma com que pensamos e atuamos no trabalho e na sociedade, pois as forças e processos produtivos são realidades sociais e históricas complexas permeadas por interesses e dinâmicas contraditórias. Portanto, esta proposta visa explorar os fundamentos teóricos, técnicos e organizacionais, as expectativas dos atores sociais diretamente envolvidos (stakeholders) e os embates sociolaborais e políticos relacionados ao processo de desenvolvimento e à implantação da manufatura avançada. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)