Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise integrativa de transcriptoma indica redes de regulação RNAm-miRNA para consumo alimentar residual em bovinos da raça Nelore.

Resumo

O consumo alimentar residual (CAR) é uma característica economicamente relevante em bovinos de corte. Entre os mecanismos moleculares, os microRNAs (miRNAs) têm sido uma importante dimensão na regulação pós-transcricional e têm sido associados à diferentes vias biológicas. Neste estudo, realizamos análises de expressão diferencial de miRNAs e análises de rede de co-expressão gênica (WGCNA) para entender melhor as complexas interações entre miRNAs e mRNAs expressos em músculo esquelético e fígado bovino. Dados de expressão de miRNA e RNAm foram obtidos de novilhos Nelore geneticamente divergentes para consumo alimentar residual (CAR) (N = 10 [baixo CAR ou eficiente]; N = 10 [alto CAR ou ineficiente]). Foram identificados miRNAs diferencialmente expressos e hub miRNAs, como bta-miR-486, bta-miR-7, bta-miR15a, bta-miR-21, bta-miR 29, bta-miR-30b, bta-miR-106b, bta-miR- 199a-3p, bta-miR-204 e bta-miR 296. A análise do enriquecimento funcional de miRNAs e genes alvo, e módulos correlacionados revelou que a insulina, lipídios, sistema imunológico, estresse oxidativo e vias de sinalização de desenvolvimento muscular podem estar potencialmente envolvidas com consumo alimentar residual nessa população. Esses resultados sugerem um possível papel dos miRNAs na regulação do CAR, fornecendo novos insights sobre os potenciais mecanismos moleculares que controlam a eficiência alimentar em bovinos da raça Nelore. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)