Busca avançada
Ano de início
Entree

Evolução dos componentes estruturais da musculatura peitoral e das patas traseiras de anfíbios anuros em relação ao ambiente termal e aos níveis de atividade vocal e locomotora

Processo: 99/11802-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2000
Vigência (Término): 31 de outubro de 2002
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia Comparada
Pesquisador responsável:Carlos Arturo Navas Iannini
Beneficiário:Fernando Ribeiro Gomes
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:95/09378-6 - Correlações metabólicas do desempenho comportamental e do regime termal em anfíbios anuros, AP.JP
Assunto(s):Anfíbios   Locomoção animal   Vocalização animal   Capacidade aeróbica   Temperatura animal

Resumo

Tanto a manutenção de altos níveis de atividade física aerobicamente sustentada quanto a manutenção de atividade a baixas temperaturas representam fatores que impõem modificações da capacidade aeróbia máxima dos organismos. Padrões muito semelhantes de modificações estruturais e funcionais associadas ao aumento da capacidade aeróbia da musculatura têm sido descritos para organismos adaptados a estas duas diferentes situações. Estudos comparativos realizados com anuros Neotropicais têm demonstrado aumento tanto da capacidade oxidativa (densidade mitocondrial) quanto do suprimento de oxigênio (capilarização) na musculatura esquelética associado a maiores taxas de exercício aerobicamente sustentado, entretanto, as espécies incluídas em tais estudos não permitem a identificação da importância do ambiente termal sobre a evolução destes parâmetros estruturais da musculatura, bem como destes dois fatores em conjunto. Proponho um estudo comparativo das estruturas da musculatura peitoral e das patas traseiras envolvidas com a capacidade oxidativa e de fluxo de oxigênio para as mitocôndrias entre diferentes espécies de anfíbios anuros Neotropicais com diferentes graus de atividade locomotora e vocal no campo, bem como diferentes temperaturas de atividade, de forma a reunir argumentos sólidos para a investigação da importância destes fatores (tanto isoladamente quanto em conjunto) na evolução da capacidade aeróbia da musculatura peitoral e das patas traseiras. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GOMES‚ F.R.; BEVIER‚ C.R.; NAVAS‚ C.A.; GATTEN JR‚ RE. Environmental and physiological factors influence antipredator behavior in Scinax hiemalis (Anura: Hylidae). Copeia, v. 2002, n. 4, p. 994-1005, 2002.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.