Busca avançada
Ano de início
Entree

Refinamentos de estimativas de matalicidade e abundâncias de carbono para estrelas observadas no projeto SDSS-SEGUE (Sloan Extension for Galactic Understanding and Exploration)

Processo: 07/00413-2
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 03 de abril de 2007
Vigência (Término): 02 de maio de 2007
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Astronomia
Pesquisador responsável:Silvia Cristina Fernandes Rossi
Beneficiário:Silvia Cristina Fernandes Rossi
Anfitrião: Timothy Beersd
Instituição-sede: Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Michigan State University (MSU), Estados Unidos  

Resumo

O objetivo deste trabalho é identificar e analisar algumas milhares de estrelas enriquecidas em carbono na Galáxia, com base em espectroscopia estelar em média resolução e fotometria de banda larga ugriz obtida com o Sloan Digital Sky Survey (agora conhecidos com SDSS-I e sua extensão SDSS-II , o qual inclui o projeto SEGUE: Sloan Extension for Galactic Understanding and Exploration). Baseados em técnica que já desenvolvemos (Rossi et al. 2005) e que atualmente estão sendo refinadas, esses dados são suficientes para obter estimativas tanto de [Fe/H] como de [C/Fe] para todas as estrelas da amostra. Velocidades radiais precisas também permitirão investigações detalhadas da cinemática dessas estrelas. Esses dados serão usados para estudar (1) a frequência de enriquecimento em carbono entre as estrelas em função da metalicidade decrescente, que fornecerá informação sobre a natureza da IMF para das primeiras gerações estelares, (2) a distribuição de enriquecimento de carbono entre as estrelas de baixa metalicidade, ou seja, ela é contínua ou multimodal?, e (3) a separação das estrelas pobres em metais enriquecidas em carbono nas, no mínimo, duas categorias tidas atualmente como principais, aquelas que exibem a presença de elementos-s e as que não apresentam tais elementos, com base na detecção (ou não) de características fortes de bário e estrôncio que estão associadas com a produção de elementos-s. (AU)