Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da influência da arborização no conforto térmico do pedestre em meio urbano: estudo de caso em espaços abertos do Bairro da Luz, São Paulo-SP

Processo: 09/00685-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2009
Vigência (Término): 31 de março de 2010
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo - Tecnologia de Arquitetura e Urbanismo
Pesquisador responsável:Leonardo Marques Monteiro
Beneficiário:Bettina Rose Wolfram
Instituição-sede: Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Microclima urbano   Conforto térmico   Arborização

Resumo

Esta pesquisa foca no uso da vegetação como elemento de adequação térmica de espaços abertos. O objetivo é verificar a influência da arborização para o conforto do pedestre no meio urbano. O método utilizado será indutivo, por meio de levantamentos de campo de várias microclimáticas ambientais, apoiado por método dedutivo, por meio de comparações entre os resultados levantados nos diferentes ambientes, considerando um modelo preditivo de sensação térmica e a representatividade dos dados em função das condições climáticas anuais típicas da cidade de São Paulo. Os levantamentos serão realizados no bairro da Luz, considerando-se dois locais abertos de permanência, um arborizado (Parque da Luz) e um não arborizado (Praça da Sala São Paulo) e dois locais abertos de passagem, também um arborizado e outro não (trechos distintos da Rua dos Andradas). A análise dos resultados será comparativa, estabelecendo-se relações entre os dados encontrados nas medidas de campo por meio de variáveis microclimáticas (temperatura do ar, umidade relativa, velocidade do ar e temperatura radiante média), variável climática (temperatura média do ar dos últimos trinta dias) e variáveis comportamentais (taxa metabólica e isolamento térmico da roupa). Comparando-se os resultados dos diversos ambientes, verifica-se como a vegetação altera o microclima. Com os resultados da aplicação do modelo preditivo, verifica-se a conseqüência da alteração do microclima na sensação térmica. Por fim, serão relacionados esses resultados para verificar a influência da arborização na sensação térmica dos pedestres.