Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise dos sítios de contato e morfologia de mitocôndrias e re em modelo celular da Doença de Parkinson

Processo: 20/02729-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2020
Vigência (Término): 30 de abril de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Citologia e Biologia Celular
Pesquisador responsável:Merari de Fátima Ramires Ferrari
Beneficiário:Isabela Geacomini Rocha
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Biologia molecular   Doenças neurodegenerativas   Neurônios dopaminérgicos   Mitocôndrias   Retículo endoplasmático   Sítios de ligação   Técnicas in vitro   Microscopia

Resumo

O estudo da função do local de contato das membranas da mitocôndria e do retículo endoplasmático (RE) na neurodegeneração cria novas oportunidades para entender a biologia molecular acerca da ±-sinucleinopatia em células dopaminérgicas na doença de Parkinson. De fato, há evidências de que a ±- sinucleína pode alterar a morfologia da mitocôndria e do RE e essa alteração tem influência sobre o local de contato das membranas da mitocôndria e do retículo endoplasmático. Assim, o principal objetivo do presente estudo é analisar o local de contato mitocôndria-RE in vitro em neurônios dopaminérgicos com mutações no gene da ±- sinucleína (SNCA). O estudo será conduzido em linhagens estáveis de células com as mutações A30P e A53T no gene SNCA ou selvagem (WT) as quais serão diferenciadas em neurônios dopaminérgicos. O local de contato e morfologia das organelas serão analisados através de diferentes metodologias como, split-GFP, transfecção transiente de proteínas marcadas para mitocôndria e retículo endoplasmático e microscopia de super resolução.