Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do papel dos inflamassomas na infecção de camundongos por Leishmania infantum

Processo: 20/01323-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de março de 2020
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Protozoologia de Parasitos
Convênio/Acordo: MRC, UKRI ; Newton Fund, com FAPESP como instituição parceira no Brasil
Pesquisador responsável:Dario Simões Zamboni
Beneficiário:Laura El Khouri
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/14398-0 - Centro Reino-Unido-Brasil para o Estudo da Leishmaniose (JCPiL), AP.TEM
Assunto(s):Doenças negligenciadas   Leishmaniose   Etiologia   Leishmania   Diversidade genética   Virulência

Resumo

A leishmaniose é uma doença parasitária devastadora que atinge os mais pobres da sociedade e é a 9ª maior carga mundial de doenças infecciosas (OMS). É definitivamente uma Doença Infecciosa Negligenciada, pois o apoio financeiro combinado de pesquisa básica e clínica equivale a <2% dos recursos disponíveis de pesquisa e desenvolvimento em doenças infecciosas. Consequentemente, não há vacinas disponíveis atualmente e os parcos tratamentos disponíveis são, em sua maioria, reaproveitados de outras aplicações e têm efeitos colaterais graves; incluindo anafilaxia, resistências crescentes a drogas e são inadequadas para alguns grupos de pacientes, particularmente nos jovens. As patologias da doença variam de leishmaniose tegumentar (mucocutânea e cutânea, LTA) à visceral (VL) e os casos no Brasil variam entre 20.000 LTA a 3.500 VL por ano. O "UK: Brazil Joint Center Partnership in Leishmaniasis (JCPiL)" financiará cinco projetos inter-relacionados e três workshops para promover a pesquisa na interface da ciência básica e clínica, para ampliar as colaborações existentes entre o Reino Unido e o Brasil e desenvolver novas parcerias e formas interdisciplinares de trabalho. Viagens de curta e longa duração contribuirão para o treinamento e a "cross-fertilization" entre os Pesquisadores, pós-doutorandos (PDRAs) e estudantes de doutorado nas principais tecnologias e conhecimentos de ponta disponíveis atualmente. Os estudos serão focados na compreensão da diversidade genética do parasito no contexto das variações da infectividade de Leishmania e expressão do fator de virulência, mecanismos de evasão imune, diversidade de resposta do hospedeiro, imunopatologia resultante e ativação sustentada que direciona à doença crônica. Vamos investigar novos alvos moleculares de vias vulneráveis que são essenciais para a viabilidade do parasito, otimizar técnicas e marcadores de diagnóstico que permitam prever e categorizar de forma mais definitiva os perfis de patologia dos pacientes para definir desenhos terapêuticos mais eficazes e sob medida. Nossa JCPiL criará novas colaborações para construir projetos futuros sustentáveis e financiáveis que impactem essa doença mortal. (AU)