Busca avançada
Ano de início
Entree

Quimeras meridionais: cinema brasileiro de ficção cientifica

Processo: 19/22253-4
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 15 de dezembro de 2019
Vigência (Término): 14 de fevereiro de 2020
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Artes - Cinema
Pesquisador responsável:Alfredo Luiz Paes de Oliveira Suppia
Beneficiário:Alfredo Luiz Paes de Oliveira Suppia
Anfitrião: Mary Elizabeth Ginway
Instituição-sede: Instituto de Artes (IA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Florida, Gainesville (UF), Estados Unidos  
Assunto(s):Cinema brasileiro   Ficção científica

Resumo

Considerada um "barômetro" das tensões e contradições sociais, políticas, econômicas e culturais do país (Ginway, 2004), a ficção científica brasileira fornece uma interface interessante e eloqüente para a investigação da memória e identidade nacionais, em suas múltiplas interfaces e cruzamentos incluindo sentimentos confusos em relação à modernidade e aos valores ocidentais.O principal objetivo deste projeto é fornecer uma história crítica da ficção científica na indústria cinematográfica e audiovisual brasileira, examinando as principais tendências, características e peculiaridades que moldaram o gênero em um ambiente nacional supostamente "exótico" - e vice-versa. Este é o primeiro estudo abrangente do cinema de ficção científica brasileiro em inglês, uma produção cinematográfica frequentemente negligenciada por estudiosos conservadores do cinema. Fazendo parte de uma onda global de rejuvenescimento da ficção científica baseada em contribuições inovadoras do cinema não-ocidental, o cinema de ficção científica brasileiro também está crescendo rapidamente, ganhando maior visibilidade e apresentando rotas alternativas ao cinema internacional de ficção científica como um todo. Este projeto resultará em livro a ser submetido a editora universitária norte-americana (SUNY UP), consistindo numa revisão de minha tese de doutorado (publicada no Brasil em 2013 pela Devir Editora), atualizada e dirigida a um público internacional mais amplo.