Busca avançada
Ano de início
Entree

Design e prototipação de componentes pré-fabricados para viabilizar reformas sociais em larga escala com mão-de-obra inclusiva para mulheres

Processo: 19/18976-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE  
Vigência (Início): 01 de julho de 2019
Vigência (Término): 31 de março de 2020
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo - Projeto de Arquitetura e Urbanismo
Pesquisador responsável:Matheus Castro Cardoso
Beneficiário:Matheus Castro Cardoso
Empresa:Moradigna - Construções Assessoria Ltda - ME
CNAE: Serviços especializados para construção não especificados anteriormente
Vinculado ao auxílio:18/10518-0 - Design e prototipação de componentes pré fabricados para viabilizar reformas sociais em larga escala com mão de obra inclusiva para mulheres, AP.PIPE
Assunto(s):Estruturas pré-fabricadas   Mão-de-obra qualificada   Habitação social   Mulheres trabalhadoras   Inclusão   Construção civil   Mercado de trabalho

Resumo

O Moradigna é um negócio social que transforma a realidade das comunidades por meio de reformas que mitigam a insalubridade de casas de famílias de classe CDE na Zona Leste de São Paulo que sofrem com problemas de umidade, mofo, má ventilação, instalações elétricas perigosas, dentre outras patologias. Este é um problema de um em cada cinco brasileiros. O Moradigna vende serviços turn-key incluindo a mão-de-obra, materiais de construção, supervisão de obra e garantia de doze meses, tendo realizado quase 400 reformas desde sua fundação em 2015. No entanto, este é um número irrisório frente à demanda de 40 milhões de brasileiros que vivem em casas insalubres. Verificando as restrições de preço/margem dos projetos tendo em vista a população alvo, custos de pessoal administrativo para supervisão e controle de obras, de recursos logísticos para entrega dos materiais e de mão-de-obra local qualificada, entende-se que esta escala só poderá ser obtida por meio de inovação, atingindo-se novos patamares de eficiência e qualidade operacional. Ao revisar o estado da arte relativo a construção para habitações sociais com apoio do grupo de pesquisa do Instituto Brasiliana ligado à Universidade Presbiteriana Mackenzie, identificou-se uma oportunidade de inovação em termos de pré-fabricação fora do local da obra (offsite fabrication) de componentes das reformas que são comuns a um grande número de projetos realizados. Trata-se de um grande desafio tecnológico e de design para conceber os módulos ótimos que sejam flexíveis o suficiente para se enquadrar na maioria das situações de reforma em casas com suas próprias particularidades e padronizados o suficiente para permitir ganhos de escala e garantia da qualidade. Esta pré-fabricação exige também uso de materiais inovadores, diferentes da alvenaria tradicional, para permitir o transporte até o local da obra. Outro aspecto de inovação do projeto será o desenvolvimento de um programa inovador para inserção da mulher na força de trabalho nas obras, considerando-se de forma holística desde a questão da conciliação da atividade como pedreira/eletricista/instaladora hidráulica com os demais papéis familiares e comunitários, até a ergonomia do trabalho, passando pela capacitação. Acreditamos que a diversidade será fundamental para termos uma maior oferta de mão-de-obra qualificada para o movimento de expansão da empresa. (AU)