Busca avançada
Ano de início
Entree

Identidade e questões de gênero nas traduções brasileira e norte-americana de La Casa de los Espíritus, de Isabel Allende

Processo: 19/18611-2
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2020
Vigência (Término): 17 de março de 2020
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística - Linguística Aplicada
Pesquisador responsável:Lauro Maia Amorim
Beneficiário:Pâmela Berton Costa
Supervisor no Exterior: Olga Castro Vazquez
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Warwick, Inglaterra  
Vinculado à bolsa:18/17944-5 - Identidade e questões de gênero nas traduções brasileira e norte-americana de La casa de los espíritus, de Isabel Allende, BP.DD
Assunto(s):Tradução   Identidade   Feminismo   Estudos de gênero

Resumo

Neste projeto, propomos uma estadia de três meses na Universidade de Warwick (Conventry, UK) sob a supervisão da Prof. Dra. Olga Castro, para escrever o capítulo da tese de doutorado sobre os Estudos Feministas da Tradução. Para tanto, pretende-se estudar essas práticas de tradução na Universidade de Aston, já que esse campo de estudo ainda é incipiente no Brasil. É importante ressaltar que este estudo se baseia na ideia de tradução como transformação, como o resultado de uma atividade de interpretação. Dessa forma, uma análise comparativa entre um original e sua(s) tradução(ões) tem por objetivo mostrar algumas das possíveis transformações pelas quais o texto passou e apontar quais dessas transformações podemos aceitar como válidas (ou não) de acordo com parâmetros pré-estabelecidos. Após analisar La Casa de los Espíritus, da autora chilena Isabel Allende, e duas de suas traduções, concluiu-se que ambas traduções diferem substancialmente: a tradutora para o inglês parece destacar aspectos do texto que favorecem o feminino, por outro lado, o tradutor para o português parece apagar tanto as figuras femininas quanto as críticas ao machismo. Durante a análise, os Estudos Feministas da Tradução não foram considerados. Agora, durante o desenvolvimento da pesquisa de Doutorado Direto, pretende-se reanalisar o corpus a partir dos Estudos Feministas da Tradução. Com base nas conclusões acerca das práticas feministas, os trechos considerados problemáticos na tradução oficial para o português brasileiro serão retraduzidos com o objetivo de dar voz às mulheres de maneira semelhante ao que o original parece fazer. Portanto, este projeto foca em apenas uma fase da pesquisa: as discussões acerca dos Estudos Feministas da Tradução.