Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de métodos rápidos para análise e caracterização química de compostos em folhas de chá preto e mate

Processo: 19/18772-6
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado Direto
Vigência (Início): 30 de julho de 2020
Vigência (Término): 29 de janeiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Ciência de Alimentos
Pesquisador responsável:Maurício Ariel Rostagno
Beneficiário:Mariana Corrêa de Souza
Supervisor no Exterior: Gerardo Fernandez Barbero
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Aplicadas (FCA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Limeira , SP, Brasil
Local de pesquisa : Universidad de Cádiz, Puerto Real (UCA), Espanha  
Vinculado à bolsa:18/17089-8 - Separação de compostos bioativos presentes no chá preto e mate pela extração com líquidos pressurizados acoplada em linha com um adsorvente e avaliação de seu potencial antimicrobiano, BP.DD
Assunto(s):Espectrometria de massas

Resumo

O chá é uma das bebidas mais consumidas no mundo e considerada uma das mais antigas produzidas biotecnologicamente pelos seres humanos. A composição química das folhas de chá preto (Camellia sinensis) e erva-mate (Ilex paraguariensis) é muito diversificada, com a presença de uma grande variedade de componentes. Para utilizar estes produtos naturais é necessário identificar a concentração deles em vários tipos de amostras com velocidade e confiança. Embora a técnica mais utilizada seja a cromatografia líquida de alta eficiência (HPLC), a técnica mais avançada já está disponível para análises mais rápidas com menor impacto ambiental, como Cromatografia Líquida de Ultra-Alto Desempenho (UHPLC) e Cromatografia de Fluido Supercrítico de Ultra-Alto Desempenho. (UHPSFC). O uso dessas técnicas geralmente melhora o desempenho dos métodos em termos de velocidade, eficiência, seletividade, reprodutibilidade e consumo de solventes. Neste contexto, esta proposta consiste numa curta estadia na Universidade de Cádiz (UCA) para desenvolver novos métodos de análise rápida utilizando tecnologias de ponta. Além disso, os métodos desenvolvidos serão utilizados para identificar e quantificar os compostos presentes nas amostras da minha tese de doutorado, onde compostos com propriedades microbiológicas estão sendo isolados do chá preto. Além disso, a experiência no exterior contribuirá muito para a minha formação acadêmica e consolidará a colaboração permanente entre grupos de pesquisa da UNICAMP e da UCA.